Um visionário por convicção e necessidade

O Macaíba News reproduz excelente artigo publicado pelo Observatório da Imprensa sobre o jornalista Alberto Dines, falecido essa semana em São Paulo.
 jornalista Alberto Dines, 1932-2018 (Foto: Ana Paula Oliveira Miguari/EBC)

Por Carlos Castilho

“Volta ao trabalho e não esquenta a cabeça”. Foi com esta ordem que Alberto Dines, em agosto de 1970, me recebeu na sua sala de editor-chefe do Jornal do Brasil, depois que passei quase três meses desaparecido dentro de uma cela do DOI-CODI, no quartel da Polícia do Exército, na rua Barão de Mesquita, no Rio de Janeiro.

Foi meu primeiro contato direto com um profissional que mais tarde veio a se transformar num conselheiro e referência pessoal no jornalismo, mesmo tendo ele me demitido do JB, onde eu era, até 1972, o responsável pelo noticiário latino-americano na editoria internacional.

Dines tolerou o fato de eu ter sumido sem dar notícias e sem que os militares explicassem o meu desaparecimento, mas foi inflexível ao não admitir minha rebeldia contra um plantão de feriado, dois dias depois de ter regressado do Chile, onde a crise no governo Allende me forçou a trabalhar sete meses sem folga, como correspondente do JB.

Tolerância nas relações humanas e rigidez absoluta nas relações profissionais. Foram estas as características que me levaram a transformá-lo num ícone na profissão que escolhemos. Foram estas mesmas virtudes de Dines que nos aproximaram anos depois, em 1997, quando, voltando de um longo período no exterior, me ofereci para colaborar com o Observatório da Imprensa e fui aceito carinhosamente por ele. Saiba mais

Tema da Adoção mobiliza sociedade de Macaíba em lançamento do Projeto “Eu Existo”

Dentre as autoridades presentes estavam: Dr. Felipe Barros, juiz da Comarca de Macaíba, representantes do Ministério Público, políticos locais e Pe. Francisco de Assis.
Foto: Reprodução/RJ RN

A Corregedoria Geral de Justiça do RN (CGJ) participou, na manhã desta quinta-feira, 24, de mais uma audiência pública, na cidade de Macaíba, cuja meta foi a de debater a problemática da Adoção no Rio Grande do Norte. O evento, com o auditório do Pax Club praticamente lotado, foi aberto pela corregedora geral de justiça, desembargadora Maria Zeneide Bezerra, a qual apresentou as ações do órgão, dentre elas o objetivo do programa “Eu Existo”, que visa dar visibilidade à crianças e adolescentes disponíveis nos abrigos da Capital e da Grande Natal.

“O que queremos hoje aqui? É mostrar que existem crianças que estão em abrigos sem estrutura física e sem políticas públicas que só desejam uma família, serem amados”, disse a corregedora, na abertura da audiência pública, que também contou com a presença da juíza corregedora auxiliar, Fátima Soares, dos juízes da comarca, os magistrados Felipe Barros, bem como de vereadores e de representantes do Ministério Público, de entidades que trabalham o tema no RN e da Igreja Católica, por meio do pároco de Macaíba, padre Francisco de Assis.

Saiba mais

Sindicato dos Caminhoneiros do RN: Existe o direito de protesto

Para Thiago Hodan, presidente do SINDICAM-RN, os baixos valores dos fretes e cobrança de pedágios têm prejudicado por muito tempo à categoria.
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Do Potiguar Notícias

Pelo quarto dia seguido, caminhoneiros em todo o país bloqueiam rodovias em protesto contra os aumentos nos preços dos combustíveis. Na noite de ontem a Petrobras tomou uma “medida excepcional” segundo o diretor da estatal Pedro Parente.
A Petrobras baixou os preços do diesel nas refinarias em 10%. Na bomba a diferença será de 25 centavos. Isso não foi o suficiente para agradar os caminhoneiros que prometem continuar com a greve até sexta-feira, segundo o jornal Folha de São Paulo. No Rio Grande do Norte, há registros de interdições na BR 101, na Ponte de Igapó e na BR 304 nesta quinta-feira.
O presidente do Sindicato  dos Caminhoneiros do RN (SINDICAM), Thiago Hodan, disse que as reivindicações dos motoristas vai além da alta dos combustíveis. Os baixos valores dos fretes tem prejudicado por muito tempo à categoria. Ele diz que uma das reivindicações dos grevistas são os pedágios. “A insistente cobrança de pedágio dos motoristas, mesmo quando eles trafegam vazios e com os eixos dos caminhões suspensos”.
Questionado se as manifestações não atrapalham o direito de ir e vir de quem precisa trafegar pelos pontos de bloqueios, Thiago Hodan é categórico “Assim como existe o direito de ir e vir, há também o direito de protesto”.
Ele ainda explica que o Sindicato dos Caminhoneiros do Rio Grande do Norte se posiciona de forma pacífica na greve, e recomenda aos motoristas que decidirem integrar o movimento, se manifestarem dentro do limite da legalidade, desaprovando ações arbitrárias e atos de violência que venham a culminar em ameaça à integridade física e patrimonial de terceiros.
(…)

Polícia Civil elucida latrocínio de jovem voluntário do Programa Bombeiro Mirim

Luan Thales da Silva foi assassinado no dia 09 de maio quando estava indo para o local onde funciona o Programa Bombeiro Mirim. De acordo com Polícia, dois adolescentes foram os responsáveis pelo latrocínio.
Foto: Reprodução/Polícia civil do RN

Nesta quarta-feira (23), a Delegacia da Zona Sul pertencente à Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou que dois adolescentes foram os responsáveis pelo latrocínio que vitimou Luan Thales da Silva, 20 anos, que era voluntário do Programa Bombeiro Mirim. Segundo a Polícia Civil, um adolescente de 15 anos, que foi apreendido por policiais militares na noite desta terça-feira (22), é o autor do disparo que matou Luan Thales, no dia 09 de maio, por volta das 6h30min, quando ele estava na esquina da rua Tororós, com a avenida Bernardo Vieira.

De acordo com as investigações da DHPP, Luan Thales da Silva estava indo para o local onde funciona o Programa Bombeiro Mirim, quando foi abordado por uma dupla que estava em uma motocicleta, ambos usavam capacetes. “Gostaria de externar o empenho da equipe da DHPP na elucidação deste caso, de um jovem garoto que praticava o bem, exercendo trabalho voluntário no Programa Bombeiro Mirim”, destacou a delegada-geral Adriana Shirley.

“Nós já estávamos investigando este adolescente como envolvido na morte e na manhã desta quarta-feira (23), nós o ouvimos na DHPP. Durante a oitiva, o adolescente de 15 anos confessou que atirou em Luan Thales. Ele e um comparsa, também adolescente, saíram na manhã daquele 09 de maio para praticar roubos e exigiram o celular de Luan, que teria esboçado uma reação. Diante da versão do jovem de 15 anos, o adolescente que pilotava a motocicleta, ordenou que o carona atirasse”, detalhou o delegado Ernani Júnior. A investigação descobriu também que antes da ação criminosa que culminou na morte de Luan Thales, a dupla de adolescentes já havia abordado, na mesma manhã, um casal no bairro Bom Pastor e conseguido subtraído um casaco cor vermelho, o mesmo que aparecia nas imagens de câmera de segurança.

Saiba mais

Audiência Pública sobre a IV Semana Estadual da Adoção será realizada em Macaíba

A audiência será realizada no Pax Club, a partir das 9h desta quinta feira (24).
Foto: Reprodução/RJ RN

Nesta quinta-feira (24), a Câmara Municipal de Macaíba em parceria com o Tribunal de Justiça estará promovendo uma Audiência Pública para discutir a IV Semana Estadual da Adoção. Proposta pela vereadora Dadaia Ribeiro, a audiência contará com as presenças da Desembargadora, Dra. Maria Zeneide Bezerra, corregedora geral de Justiça do RN, e do Dr. Claudio Medeiros Júnior, coordenador do projeto Acalanto Natal. Segundo informações da assessoria da ver. Dadaia, na ocasião, a desembargadora fará o lançamento do projeto Eu ExistoO evento ocorrerá no Centro de Convivência Pax Clube, a partir das 9h.  

Sobre a IV Semana Estadual de Adoção

A Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude (CEIJ) do Tribunal de Justiça do RN, juntamente com a Corregedoria Geral de Justiça e o projeto Acalanto, estão promovendo a IV Semana Estadual da Adoção, entre os dias 20 e 26 de maio. O evento busca mobilizar famílias, instituições, simpatizantes da causa e pessoas interessadas em adotar crianças ou adolescentes. O tema central deste ano é o “Olha pra mim”. A campanha busca sensibilizar os pretendentes a adoção a olharem para as crianças e adolescentes que geralmente estão fora do perfil preferencial, como adolescentes e grupos de irmãos. Abaixo, veja o vídeo publicitário da Campanha:

A Macaíba do Futuro para o professor Sidi Schneider

QUAL A MACAÍBA VOCÊ QUER PARA O FUTURO?

Para o professor de História e Filosofia, Sidi Schneider, a Macaíba do Futuro precisa ser uma cidade que valorize a Educação, na qual a Escola de Neurociências seja reaberta, tornando-se um cidade tecnológica. Schneider foi professor da Escola de Neurociências de Macaíba por 5 anos. Infelizmente, a escola foi fechada no ano passado pelo Governo Temer.

Vereadores da oposição visitam a Escola Municipal Prof. João Faustino

A visita foi realizada na tarde de ontem (22).
Visita dos vereadores à escola Prof. João Faustino (Foto: Reprodução/Diário de Macaíba)

Na tarde de ontem, os vereadores Emídio Júnior, Denilson Gadelha e Zeca Cunha visitaram a Escola Municipail Prof. João Faustino, Novo Alecrim, onde foi encontrado vários problemas de infraeestrutura, quais sejam:

Muito mato, lixo, teia de aranha, bebedouro e escovódromos quebrados, instalação elétrica precária, ventiladores quebrados, sanitário sem assento, enfim, a escola precisa de uma reforma urgente.

O vereador Emídio Júnior comentou sobre a visita:

“Essa é a Educação de primeira qualidade que o é dado às nossas crianças? Com a palavra, o prefeito e o secretário de Educação”, afirmou.

Assessoria

Brasil perde um dos maiores jornalistas de sua história: Alberto Dines

Jornalista faleceu aos 86 anos de pneumonia na manhã desta terça-feira. Ele foi o fundador do Observatório da Imprensa
Alberto Dines,1932-2018 (Foto: Reprodução/ Observatório da Imprensa

Do El País

Morreu na manhã desta terça-feira, 22, o jornalista e escritor Alberto Dines. Ele tinha 86 anos e estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, devido a uma pneumonia. Dines foi o fundador do Observatório da Imprensa, veículo que desde 1994 analisava a atuação dos meios de comunicação brasileiros, e passou pelos principais jornais do país. O escritor também foi um dos primeiros colunistas da edição brasileira do jornal EL PAÍS, publicando seus textos críticos ao longo de dois anos neste jornal.

Foi sob a batuta de Dines, que o Jornal Brasil publicou duas das suas capas mais históricas. No dia 14 de dezembro de 1968, um dia após a promulgação do AI-5, o decreto mais severo de todos os Atos Institucionais da ditadura militar, a capa do jornal levava um quadro pequeno, no canto esquerdo superior com a seguinte frase: “Tempo negro. Temperatura sufocante. O ar está irrespirável. O país está sendo varrido por fortes ventos. Máx: 38º, em Brasília. Mín: 5º, nas Laranjeiras”. A previsão do tempo, obra de Dines como chefe do jornal, foi um ato ousado em meio à forte censura da época.

Em setembro 1973, novamente Dines dribla a censura com maestria. O regime militar brasileiro proibira que os jornais daqui publicassem qualquer manchete sobre a morte do então presidente chileno Salvador Allende, que culminou com o golpe militar no Chile. O Jornal do Brasil então foi às bancas sem manchete. A capa levava apenas um texto, sem título, tomando a primeira página toda e noticiando a morte de Allende. A desobediência de Dines entrou para a história do jornalismo brasileiro, mas lhe custou uma demissão, três meses depois, por “indisciplina”, como ele mesmo contou, anos depois.

Mais tarde, em 1975, dirigiu a Folha de S. Paulo, jornal que deixou cinco anos mais tarde, para colaborar para o icônico O Pasquim. Após uma temporada em Lisboa, onde lançou o periódico Observatório da Imprensa em 1994 para acompanhar o trabalho da mídia brasileira, Dines retorna ao Brasil e lança a versão digital do Observatório, site que ele dirigiu até o final da vida.

Como escritor, Dines lançou mais de 15 livros, dentre eles Vínculos de Fogo, ganhador do Jabuti de Estudos Literários em 1993. Sua influência e importância fez com que a notícia de sua morte levasse seu nome à primeira posição dos assuntos mais comentados no Twitter no Brasil na manhã desta terça. O presidente Michel Temer usou a rede social para lamentar o falecimento do jornalista: “O jornalismo brasileiro perde um dos pilares da ética e do profissionalismo”, descreveu Temer.

É com profunda tristeza que a equipe do Observatório da ImprensaImprensa comunica o falecimento de seu fundador,…

Posted by Observatório da Imprensa on Tuesday, 22 May 2018

Campanha para ajudar Iris Silva

Iris Silva mora em Passagem, município localizado na região do Agreste potiguar. Ela foi diagnosticada com Tuberculose Ganglionar e sua irmã, Silvana Santos, que mora em Macaíba, pede ajuda custear o tratamento de saúde de sua irmã.

Em um texto publicado numa rede social, a jovem Silvana Santos, moradora de Traíras, pediu ajuda para o tratamento de saúde de sua irmã, Iris Silva, 16 anos, diagnosticada com uma doença rara chamada Tuberculose Ganglionar e com um cisto na tireoide. Silvana contou que está realizando eventos com o objetivo de arrecadar dinheiro para tratamento de saúde de sua irmã, devido as condições financeiras de sua família.

Iris Silva e Silvana Santos

“Realizamos um bingo com a ajuda de comerciantes e amigos, outra amiga está organizando um para o dia 2 de Junho e eu estou organizando outro para o dia 7 de Julho. Somos de família humilde. Meu pai é agricultor e minha mãe do lar. Não está fácil, pois são muitas necessidades. Alguns exames até conseguimos pelo SUS, mas outros só esperar em Deus”, escreveu.

Além disso, Silvana gravou um vídeo no qual ela falou sobre o estado de saúde de sua irmã e também sobre a falta de recursos de sua família para arcar com os custos altíssimos do tratamento. Mais informações com Silvana pelo whatsapp 98700-5062. Qualquer ajuda poderá ser feita a partir dos seguintes dados bancários:

Sobre a Tuberculose Ganglionar

Segundo o pneumologista Gabriel Santiago, da Policlínica Granato, no Rio de Janeiro, a tuberculose ganglionar é bacteriana e acomete os gânglios linfáticos – também conhecidos como linfonodos.

Além do aumento dos gânglios com dor local, os sintomas normalmente estão associados aos da tuberculose pulmonar, como emagrecimento, febre e queda do estado geral. No entanto, diferentemente desse tipo mais comum da doença, ela não é transmitida de pessoa para pessoa.

O diagnóstico costuma se dar após o paciente ser examinado por apresentar dores no corpo, principalmente na região cervical, além de febre. Estresse e queda do sistema imunológico estão associados às causas da doença, informa o médico. 

De acordo com ele, o tratamento inclui o uso de quatro antibióticos por um período de seis meses, além de um reforço na alimentação, e não apresenta sequelas. A tuberculose ganglionar é o tipo mais comum de tuberculose extrapulmonar, principalmente em adolescentes e jovens adultos.

Fonte: Blog da jornalista Claudia Novaes

Igor Targino e Dep. Gustavo Carvalho buscam apoio para o esporte macaibense

Dentre vários assuntos relacionados, debateram sobre a principal demanda que é o apoio ao Cruzeiro de Macaíba.
Arian Fernades, José Vanildo, Dep. Gustavo Carvalho, Francisco Menguita (Gaita)  e vereador Igor Targino

O vereador Igor Targino esteve na FNF (Federação Norte-rio-grandense de Futebol) na tarde de ontem, segunda-feira (20), para buscar apoio e ações em prol do esporte macaibense.

Acompanhando o vereador Igor Targino na audiência com o presidente da federação, o Sr. José Vanildo da Silva, estavam o Dep. Estadual Gustavo Carvalho, Arian Fernandes (ex-vereador e treinador do Cruzeiro) e Francisco Menguita (Gaita) Presidente do Cruzeiro.

Dentre vários assuntos relacionados, debateram sobre a principal demanda que é o apoio ao Cruzeiro de Macaíba.

Assessoria