Não há registro de novas manchas de óleo no Nordeste, diz força-tarefa

Marinha, no entanto, não descarta aparecimento de mais manchas
Manchas escuras também foram vistas na praia de Camurupim, no RN (Foto: Redes Sociais)

Agência Brasil

A força-tarefa que analisa o vazamento de óleo que se alastrou pelo litoral da Região Nordeste informou que não houve registro de novas manchas nesta segunda-feira (14). A Marinha, no entanto, não descarta a possibilidade de aparecimento de mais óleo nas praias da região.

Segundo os militares, não é possível afirmar que a fonte do vazamento tenha se esgotado. A força-tarefa de limpeza, que conta com 1.583 militares de 48 organizações e 74 civis, informou que mais de 200 toneladas de resíduos contaminados já foram isoladas.

Formado pela Marinha, pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), o grupo montou uma central de monitoramento para medir o impacto ambiental do acidente, de origem ainda desconhecida.

A descontaminação das praias segue sem perspectiva de ser finalizada.

Emídio Jr. realiza reunião do Gabinete Itinerante no Assentamento José Coelho

Essa foi a sétima reunião projeto Gabinete Itinerante.
Emídio Jr. leva o seu gabinete até o Assentamento José Coelho

Na última sexta-feira (10), o vereador Emídio Jr. levou o seu gabinete até a comunidade do Assentamento José Coelho, onde ele se reuniu com os moradores e ouviu atentamente as reivindicações e sugestões da população. Essa foi a sétima edição do projeto Gabinete Itinerante. O vereador explica que a falta de ação por parte da Prefeitura de Macaíba faz com que problemas simples passem a ser complexos.

“O verdadeiro Gabinete Itinerante é aquele que vai até as comunidades e escuta o clamor do povo. São coisas simples que o povo reivindica, mas que, infelizmente, devido à ausência da Prefeitura, tornam-se problemas gigantesco. É o caso, por exemplo, da falta d’água no Assentamento José Coelho. A comunidade possui um poço artesiano, com caixa d’água e tudo, mas não está funcionando porque, até hoje, a Prefeitura não realizou a instalação”, disse.

Vereador Emídio Jr. ouvindo atentamente a população

De acordo com o parlamentar, além desse problema da falta d’água, outros dois problemas simples que se tornaram graves, por falta de uma atenção da Prefeitura, são (1) o fechamento do anexo da Escola Severino Bezerra, que atendia crianças do ensino infantil; e (2) a falta de um ponto de apoio da atenção básica em Saúde, para que as pessoas possam ter acesso aos serviços de saúde no próprio Assentamento.

“De acordo com os moradores, em Cajazeiras tem duas turmas só com alunos do Assentamento José Coelho, crianças de quatro a seis anos. São cerca de 40 crianças que poderiam está estudando na própria comunidade, caso a Prefeitura não tivesse fechado o anexo. A questão da Saúde também é outro problema ocasionado pela falta de gestão, pois uma comunidade com mais de 500 moradores já deveria ter um ponto de apoio da atenção básica em Saúde e não colocar as pessoas para serem atendidas na Unidade de Saúde de Lagoa dos Cavalos, muitas delas indo a pé, porque não tem dinheiro para pagar transporte”, finalizou.

Prefeitura lança licitação para contratação de uma nova banca do Concurso Público

A primeira sessão pública do processo licitatório será realizada no dia 28 de novembro de 2019, no horário das 9h30, na sede da Prefeitura.
Brasão da Prefeitura de Macaíba

A Prefeitura de Macaíba publicou no final da tarde desta quarta-feira (09/10) o Aviso de Licitação – Concorrência, com o objetivo de contratar pessoa jurídica para prestação de serviços técnicos especializados em consultoria, organização e execução de Concurso Público para provimento de cargos efetivos.

De acordo com o Aviso, a empresa contratada deverá ser responsável por todos os procedimentos técnicos e administrativos necessários para a realização exitosa do Certame.

A publicação consta no Diário Oficial do Município, Ano II, nº 337. O concurso será realizado para o preenchimento de cargos de nível médio e nível superior.

A primeira sessão pública do processo licitatório será realizada no dia 28 de novembro de 2019, no horário das 9h30, na Comissão Especial de Licitação, no Palácio Auta de Souza.

Governo discute parcerias com Agência Francesa de Desenvolvimento

Representantes da AFD manifestaram interesse em participar dos projetos de governo voltados ao desenvolvimento das cadeias produtivas.
Foto: Demis Roussos/ASSECOM RN)

A governadora Fátima Bezerra, acompanhada pelo secretario de Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) Alexandre Lima, se reuniu na tarde desta quinta-feira (10), com o diretor regional da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), Phillipe Orliange, e a gerente de projetos, Laure Schalchli para tratar de parcerias no segmento da agricultura familiar e segurança hídrica. A reunião é um desdobramento de encontro realizado em agosto, em Brasília quando foram iniciadas as primeiras tratativas.

“Essa parceria que estamos buscando é fundamental para que possamos dar prosseguimento a importantes projetos que vão impulsionar a economia e as cadeias produtivas do estado”, declarou a governadora.

Os representantes da AFD manifestaram interesse em alinhar sua atuação com os projetos do governo para mitigação dos efeitos climáticos, como produção agrícola, questões ambientais e fortalecimento do cooperativismo.

“Estamos dialogando sobre investimentos em ações que proporcionem segurança hídrica, produção de alimentos saudáveis, incentivo às cedeias produtivas do leite e do mel, entre outros projetos”, destacou o secretario Alexandre Lima.

Além disso,a Agência Francesa de Desenvolvimento também sinalizou interesse ajudar na execução do Plano de Recuperação Fiscal. Essa discussão já está em andamento com a Secretaria de Estado do Planejamento.

A Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) financia ações relacionadas ao clima, biodiversidade, educação, planejamento urbano, saúde, governança entre outros, envolvida em mais de quatro mil projetos na França e em 115 países.

No Brasil, a (AFD) atua nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Nesta ultima, a AFD atua apenas na Bahia,na área de energias renováveis, e está mantendo contato com o Rio Grande do Norte e outros estados da região.

RN perde mais de 47 milhões com o PLN 18/2019 alerta senadora Zenaide Maia

“É importante dizer a população que quem votou a favor do PLN votou a favor da retirada de verbas para a universidade pública e para os institutos federais”, destacou Zenaide Maia.
Senadora Zenaide (Foto: Reprodução/Senado)

Blog Marcos Dantas

A senadora Zenaide Maia(PROS) fez um alerta para as perdas do Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (08), com a aprovação do Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN 18/2019), que abre cerca de R$ 3 bilhões em créditos suplementares para algumas áreas, como a da defesa, retirando mais de R$ 1 bilhão do orçamento da educação. “É importante dizer a população que quem votou a favor do PLN votou a favor da retirada de verbas para a universidade pública e para os institutos federais”, destacou Zenaide Maia.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por exemplo, sofre impacto negativo de R$ 8,76 milhões e o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) perde R$2,47 milhões. O prejuízo para educação do Estado chega a R$ 12,5 milhões.

Na área de segurança pública, serão cancelados R$3,25 milhões que financiariam a aquisição de equipamentos e material para informatização e aperfeiçoamento da investigação criminal da Policia Civil do Rio Grande do Norte.

Ações de desenvolvimento urbano em Natal, perde R$2,05 milhões. Somados todos os cancelamentos, são R$ 47,7 milhões a menos para o Estado. “Eu não poderia ser favorável a cortes que prejudicam tanto, especialmente, a área de Educação e o Rio Grande do Norte”, declarou Zenaide Maia. A proposta foi aprovada na Câmara, mas faltou a decisão do Senado, pois faltou quórum.

Emídio Jr. realiza reunião do Gabinete Itinerante em Ladeira Grande

Essa foi a 6º edição do projeto Gabinete Itinerante, que reuniu mais de 40 pessoas.
População de Ladeira Grande presente na 6º Edição do Projeto Gabinete Itinerante (Fotos: Edeilson Morais/Assessoria Emídio Jr.)

Na noite dessa terça-feira (08), o vereador Emídio Jr. realizou a 6º edição do projeto Gabinete Itinerante, que tem como objetivo ir até as comunidades para ouvir a população. A reunião foi realizada na comunidade de Ladeira Grande, que é uma das comunidades esquecidas pela Prefeitura de Macaíba, por fazer divisa com São Gonçalo do Amarante.

“Ao ouvir o povo falar que o prefeito só aparece na comunidade em época de campanha eleitoral, a gente nota o total falta de atenção da Prefeitura com o povo de Ladeira Grande. Por ser uma comunidade que faz divisa com outra cidade, no caso São Gonçalo, acontece o mesmo problema que já relatamos com o bairro Bela Vista, ou seja, lá o povo vive no total abandono”, disse Emídio Jr.

A reunião foi realizada em frente à Igreja Católica

O vereador relata que a população de Ladeira Grande sofre constantemente com problemas respiratórios, por causa da poeira produzida pela estrada de barro. “A principal reivindicação dos moradores é o calçamento da rua principal, pois, por ser de barro, os carros quando passam causam uma poeira gigantesca e a população fica prejudicada com problemas respiratórios e as casas empoeiradas”, finalizou.

Exposição Raízes leva cultura e religiosidade afro à Casa de Cultura de Macaíba

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Dentro das comemorações de 60 anos da Casa do Ouro Águas de Oxum – antigo centro do saudoso Dedé de Macambira, a 1º Exposição Raízes, do Babalorixá Eduardo de Ógún, expôs diversas obras da cultura e da religião afro na Casa de Cultura de Macaíba no último sábado (05).

Após uma exposição no IFRN e uma palestra na UFRN, o Babalorixá Eduardo de Ógún teve a ideia de expor seu trabalho ao público Macaibense. “Eu pude ver que o meu trabalho poderia sair do Axé, ganhar outro público e mostrar as belezas que são os nosso ancestrais”, comentou ele.

Durante a exposição, as peças do ateliê-afro Oyá Odara, que completou 10 anos de existência, apresentaram ao público as roupas que os deuses africanos, mestres, caboclos, índios, umbandistas e candomblecistas, usavam para cultuar a sua fé. “Eu sou bastante detalhista e perfeccionista no que faço. Tenho que criar e dar vida as roupas dos orixás. É muito gratificante”, afirmou Eduardo.

O vereador Emídio Júnior também esteve presente na exposição. “Parabenizo a todos que contribuíram para o sucesso dessa belíssima exposição”, disse Emídio.

Atualmente a Casa do Ouro, Águas de Oxum é dirigido pelo Babalorixá Leandro De Oxossi e pelo Babalorixá Eduardo de Ógún. No próximo sábado (12), o centro celebra a festa de 60 anos da casa. Participe.

Atendimento médico ou campanha política dentro do consultório?

Fernando Cunha é o famoso 171.
Prefeito malandro

O vídeo de Daniel Cabral mostrando o prefeito atendendo num posto de Saúde foi o assunto do dia e rendeu vários questionamentos ao povo macaibense. Tais como:

Será que o prefeito pode atender nos postos de Saúde no horário em que ele deveria está na Prefeitura resolvendo os problemas do povo?

O que ele está fazendo não é crime, tendo em vista que o atendimento médico é só um pretexto para ele fazer campanha política dentro do consultório?

Ele sempre fez isso quando se aproxima a campanha eleitoral, será que a Justiça de Macaíba não vai fazer nada?

Enfim, meus amigos e amigas macaibenses, Daniel Cabral colocou o prefeito numa sinuca de bico.

Se está errado ou não, se é crime ou não, isso eu não sei. Mas que o prefeito faz esses atendimentos com viés político, pode ter certeza que sim. Senão, ele não deixaria para fazer esse trabalho, apenas, nas vésperas da eleição.

O problema é que isso não é novidade nem para o povo, nem para a Justiça de Macaíba.

E por falar em Justiça:

O que o Ministério Público tem a dizer sobre isso???

Abaixo, assistam ao momento que Daniel expõe a politicagem praticada dentro de um consultório médico:

Emídio Jr. realiza reunião do Gabinete Itinerante no Bosque Brasil

Essa foi a quinta edição do Projeto Gabinete Itinerante;
População do Bosque Brasil presente na 5º Edição do Projeto Gabinete Itinerante (Fotos: Edeilson Morais/Assessoria Emídio Jr. 

Na manhã desse domingo (06), o vereador Emídio Jr. realizou mais uma edição do projeto Gabinete Itinerante no Loteamento Bosque Brasil. A reunião contou com a participação de mais de 40 moradores do loteamento, assim como também a presença ilustre do vereador Denilson Gadelha.

“O Loteamento Bosque Brasil é uma das comunidades que fazem parte do bairro Bela Vista, que são totalmente esquecidas pela Prefeitura de Macaíba. Uma comunidade com cerca de cinco mil habitantes, mas que falta tudo, desde o simples calçamento nas ruas até uma escola que atenda as crianças da comunidade”, declarou o vereador Emídio Jr.

Praça do Loteamento Bosque Brasil abandonada pela Prefeitura 

De acordo com o vereador, essa foi a quinta edição do projeto Gabinete Itinerante e uma das comunidades mais carentes de infraestrutura e serviços básicos, juntamente com a comunidade de Bela Vista, é o Loteamento Bosque Brasil.

“Para não dizer que a Prefeitura não fez nada lá, tem a construção de uma praça no valor de R$ 400 mil reais, que só não está completamente abandonada, tomada pelo mato, porque os moradores fizeram um mutirão de limpeza. No entanto, o povo do Bosque Brasil quer saber para onde foi o dinheiro dessa obra, que, até o momento, praticamente nada foi feito”, finalizou.

Governo anuncia data de pagamento dos servidores para os próximos três meses

Confirmado o compromisso de pagar o salário dos servidores dentro do mês trabalhado.
Foto: Reprodução/Internet

Em reunião com o Fórum dos Servidores Estaduais, realizada na sexta (27), o Governo do Estado reiterou o compromisso de pagar o salário dos servidores dentro do mês trabalhado e anunciou o calendário de pagamento dos meses de outubro, novembro e dezembro.

Outras pautas como a quitação das folhas atrasadas foram discutidas com o Fórum, no entanto, o pagamento dessa divida, conforme acordado desde o inicio do ano com os representantes dos servidores, está condicionada ao aporte de recursos extras.

Sobre o tema, o secretário de Planejamento, Aldemir Freire, pontuou que a equipe está buscando alternativas. Além disso, aguarda definições de recursos que podem ser viabilizados para os cofres do Estado oriundos da cessão onerosa e do plano de equilíbrio fiscal do Governo Federal.

Também participaram da reunião os secretários da Administração, Virginia Ferreira, Raimundo Alves (Gabinete Civil) e também o Controlador do Estado, Pedro Lopes. A próxima reunião do governo com o fórum de servidores ficou previamente agendada para o final do mês de outubro.