PRF apreende 30 mil comprimidos de ivermectina que eram transportados para Natal

Apreensão foi na noite de quinta (30) em Itaberaba, na Bahia
Foto: divulgação/PRF

Agora RN

Quase 30.000 comprimidos de ivermectina foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite desta quinta-feira (30), em frente a unidade policial da PRF, localizada no Km 230 da BR 242, em Itaberaba (BA), na Região da Chapada Diamantina. No documento apresentado, o local de destino dos medicamentos seria Natal, contudo, o veículo seguia uma rota contrária.

O carro foi parado pelos policiais, que encontraram o medicamento. Logo foi solicitada a documentação legal para o transporte, porém, o condutor entregou uma nota fiscal que continha dados divergentes do material transportado.

O número de lote e data de fabricação dos produtos apreendidos não eram condizentes com o discriminado na nota fiscal.

Aos policiais, os homens relataram que embarcaram a mercadoria na cidade de Barreiras (BA) a pedido de um caminhoneiro e durante o percurso da viagem estavam realizando a venda fracionada do medicamento para farmácias da região.

A ivermectina é um medicamento prescrito para combater verminoses, porém vem sendo muito procurada pela população para minimizar os efeitos da Covid-19.

Diante dos fatos, os homens assinaram o Termo Circunstanciado de Ocorrência- TCO e vão responder por suas condutas perante o Juizado Especial Criminal (JECRIM). Todo o material apreendido será entregue a Vigilância Sanitária.

Sesap afirma que síndrome inflamatória observada em crianças e adolescentes pode estar relacionada à Covid-19

A Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde já haviam alertado médicos e profissionais de saúde sobre a síndrome e a relação com o Sars-Cov-2, o vírus que causa a Covid-19.
Foto: Reprodução/Internet

Tribuna do Norte 

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap) alertou nesta sexta-feira, 31, sobre uma nova inflamação que afeta crianças e adolescentes e que pode estar ligada ao novo coronavirus. A inflamação se chama Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica e já foi registrada em pelo menos dez crianças no Rio Grande do Norte, segundo a subcoordenadoria de Vigilância em Saúde da Sesap, Alessandra Lucchesi. A Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde já haviam alertado médicos e profissionais de saúde sobre a síndrome e a relação com o Sars-Cov-2, o vírus que causa a Covid-19.

A síndrome pode ser uma das complicações da Covid-19. A princípio, os sintomas mais comuns são febre alta e persistente e, em alguns casos, problemas cardíacos.  Entretanto, a Sesap ainda investiga os casos. “A Covid-19 é muito nova, então ainda estamos aprendendo bastante com o desenrolar dessa pandemia e a evolução clínica dessa doença. A partir disso, há uma preocupação tanto do governo federal quanto do governo estadual para investigação pós-Covid”, afirmou Luchesi nesta sexta-feira, 31.

A recomendação para famílias que tenham crianças que apresentam febre alta é de levar o mais rápido possível para uma unidade de saúde e descrever se a criança teve contato com pessoas que foram infectadas pelo novo coronavirus ou se ela mesma já tem um diagnóstico confirmatório para a Covid-19.

As crianças que apresentaram a doença no Rio Grande do Norte foram atendidas pelo Hospital Infantil Maria Alice Fernandes, localizado em Natal. A Sesap começou a investigar os casos com mais atenção há 10 dias, a partir de uma notificação do Ministério da Saúde no dia 20 de julho que alertou sobre a possibilidade da síndrome.  Segundo Lucchesi, os casos ainda estão em investigação e não há muitos detalhes sobre a síndrome.

A subcoordenadoria garantiu que as crianças atendidas não precisam de ventilação mecânica,  utilizada nos casos mais graves de Covid-19.  No entanto,  a Sesap ainda não possui mais detalhes sobre estes casos. “Somente com a investigação dos casos é que vamos ter as condições de interferir qual o tempo médio de internação, o tratamento adequado, como se dá essa infecção “, disse.

Blog Senadinho Macaíba lança programa de entrevistas

A partir da próxima quinta-feira (06), às 18hs, Macaíba terá sua nova atração jornalística.  Trata-se do Senadinho em debate. O semanal, transmitido ao vivo nas redes sociais do blog Senadinho Macaíba,  colocará em pauta assuntos relacionados à sociedade macaibense, principalmente no campo político.

Informações de bastidores, análise imparcial dos principais fatos políticos do município, reportagens, entrevistas com personalidades e a interação com o internauta darão a tônica do novo web programa, que será apresentado por jornalistas de formação.

De acordo com Renan Pontes, diretor geral do Senadinho em Debate, a ideia é fazer um informativo sério,  mas sem perder a leveza e o estilo que os canais digitais informativos exigem. Agora é marcar na agenda o dia 06 de agosto para acompanhar a estreia do novo projeto.

Em breve, nas redes sociais do Senadinho será divulgado o nome do primeiro entrevistado.

Justiça acata denúncia contra ex-governador Robinson Faria por obstrução de investigações

Segundo o MP, ex-governador tentou silenciar colaboradora sobre a participação dele em esquema de servidores fantasmas da Assembleia Legislativa.
Ex-Governador do RN, Robinson Faria (Foto: Reprodução/Internet)

G1 RN

A 6ª Vara Criminal de Natal acatou denúncia contra o ex-governador do RN Robinson Faria por obstrução de investigações pertinentes à operação Dama de Espadas, deflagrada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em 2015.

Além de Robinson, outros dois então servidores da AL também foram denunciados. Os três foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) em setembro de 2017 , porque à época, Robinson Faria tinha foro privilegiado por ser governador do Estado. Mas a denúncia não foi apreciada pelo STJ e em fevereiro de 2019 foi enviada para a 6ª Vara Criminal de Natal.

Em nota, assinada pelos advogados José Luis Oliveira Lima e Daniel Kignel, a defesa do ex-governador afirmou que “tem total confiança no Poder Judiciário, e tem plena convicção de que a denúncia será devidamente rechaçada”.

O MPF apontou que durante apurações pertinentes à Dama de Espadas, Robinson Faria atuou tentando obstruir a investigação e evitar que fosse processado pelos fatos descobertos na operação. A Dama de Espadas se debruçou sobre a participação de servidores públicos na arregimentação e inserção de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), mediante a apropriação dos respectivos vencimentos.

A acusação é que Robinson Faria, então governador do Estado, após deflagração da Operação Dama de Espadas, determinou que os dois servidores procurassem Rita das Mercês, peça chave no esquema de servidores fantasmas, e ofertasse o pagamento mensal de R$ 5 mil ao filho dela. O intuito de Robinson era garantir que a ex-procuradora da ALRN não revelasse a participação dele na execução desses ilícitos de peculato e organização criminosa que era conduzido dentro da casa legislativa quando foi presidida por ele.

Esse esquema foi desbaratado na operação Anteros, do MPF, que cumpriu mandados de busca e apreensão na Governadoria do Estado e na casa de Robinson.

Sob as ordens de Robinson Faria, o filho da ex-procuradora da ALRN começou a receber a quantia em outubro de 2015. A ação foi repetida em novembro e dezembro do mesmo ano, durante todos os meses de 2016 e de janeiro a maio de 2017. Segundo o MPF, o pagamento era feito em diferentes lugares, como em shoppings, na casa de Rita das Mercês e até no estacionamento da Governadoria.

A Damas de Espada apontou, assim, que Robinson Faria, em concurso com servidores públicos de sua estrita confiança ainda quando ocupava o cargo de presidente da ALRN determinou a inserção na folha de pagamento do órgão uma série de funcionários que não prestavam quaisquer serviços à casa legislativa. Parte substancial da remuneração paga a essas pessoas ficavam com ele, segundo o MP. O denunciado continuou recebendo as verbas indevidas mesmo depois de ter deixado a presidência da Assembleia, já na condição de vice-governador do Estado do Rio Grande do Norte.

Essas investigações todas já culminaram em outras ações penais tendo o ex-governador como réu. Recentemente, ele e outras 10 pessoas também foram denunciados pelo MPRN por peculato. O crime foi justamente cometido entre os anos de 2008 e 2010, época em que era presidente da Assembleia Legislativa potiguar. Ao todo, em valores corrigidos, as fraudes chegam a R$ 3.735.497,05. Essa denúncia é resultado da operação Croupier, deflagrada pelo MPRN em 25 de junho de 2019. Assim como a Anteros, a Croupier é um desdobramento da operação Dama de Espadas.

Outra denúncia do MPRN, recebida pela Justiça em maio de 2020, aponta que o advogado Erick Wilson Pereira, com a determinante concorrência dos ex-presidentes da Assembleia Robinson Mesquita de Faria e Ricardo José Meirelles Motta, de forma reiterada, desviou, o montante atualizado de R$ 1.144.529,45 entre os meses fevereiro de 2006 e março de 2016. O dinheiro desviado era usado em proveito próprio do advogado e também repassado a um tio dele, Wilson Antônio Pereira, que também é denunciado pelo MPRN. Foram denunciados, assim dois ex-presidentes da ALRN, o advogado e outras três pessoas pelo crime de peculato, além de Adelson Freitas dos Reis e outro, pelo crime de falso testemunho.

PRF inaugura nova Delegacia e nova Unidade Operacional em Macaíba

A inauguração contou com a presença do Diretor-geral da PRF, Eduardo Aggio, e de autoridades do estado
Foto: Divulgação/Agência PRF

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Norte inaugurou, nesta quarta-feira (29), a nova Delegacia e nova Unidade Operacional da PRF em Macaíba/RN.

Estiveram presentes no evento, além do Diretor-geral da PRF, Eduardo Aggio de Sá, o Superintendente da PRF no RN, Djairlon Henrique Moura, o Vice-Governador do Estado, Antenor Soares de Medeiros, o Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Coronel Francisco Canindé de Araújo, o Prefeito de Macaíba, Fernando Cunha Lima Bezerra, o Superintendente da ABIN no RN, Herman Cuéllar, a Superintendente da Polícia Federal no RN, Larissa Freitas Carlos Perdigão, o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Alarico José Pessoa Azevedo Júnior, o Deputado Estadual Hermano Morais, além de representantes de diversos órgãos, como: DNIT, Polícia Civil, Marinha, Exército, Corpo de Bombeiros, dentre outras autoridades que muito engrandeceram a cerimônia de inauguração.

A Unidade Operacional está localizada na BR 304, Km 294, em Macaíba/RN e recebeu o nome UOP Rodrigo Rodrigues de Paiva em homenagem ao PRF Rodrigo, falecido na ativa no ano de 2017.

Após tratativas da Superintendência da PRF/RN com a Superintendência do DNIT, a construção da nova Sede de Delegacia e de sua nova Unidade Operacional foi incluída no orçamento da obra da duplicação da BR 304, realizada pelo Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes – DNIT e entregue à PRF.

Em sua totalidade, a obra tem área coberta de 480,00 m². Está equipada e preparada para atendimento ao público, garantindo conforto e comodidade aos servidores e aos usuários em geral.

O local escolhido para a construção foi exatamente o mesmo em que se encontrava a antiga unidade, na BR 304, km 294, haja vista sua importância estratégica, especialmente por estar nas proximidades do acesso ao novo Aeroporto de Natal, e ser a rodovia que liga à capital do Estado a sua segunda maior cidade, Mossoró, assim como à cidade de Fortaleza, capital do Estado do Ceará.

Contrato fechado! Domènec Torrent assina quinta-feira e vai treinar o Flamengo.

O ex-auxiliar de Pep Guardiola assinará compromisso com os rubro-negros até dezembro de 2021.
Domènec Torrent (Foto: Reprodução/Getty Images)

Por Mauro Cezar Pereira/UOL

Contrato fechado: Domènec Torrent será o novo técnico do Flamengo. Os detalhes finais do compromisso foram acertados nesta quarta-feira. O espanhol está em Girona, a 102 quilômetros de Barcelona, onde os dirigentes do clube carioca chegaram já na noite espanhola, após saírem de Lisboa.

Devido ao horário (cinco horas à frente de Brasília) Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor-executivo, encontrarão o treinador apenas na quinta-feira para oficializar o acordo. A dupla chegou à capital catalã às 20 horas locais, 15 horas no Rio de Janeiro, e precisaria de pelo menos duas horas entre desembarque e deslocamento até Girona.

O ex-auxiliar de Pep Guardiola assinará compromisso com os rubro-negros até dezembro de 2021. Domènec trará para o Brasil três profissionais, dois auxiliares e um preparador físico, metade do “time” que acompanhava Jorge Jesus, ex-treinador do campeão brasileiro e da Libertadores.

No encontro desta quinta-feira, quando o contrato será assinado, os dirigentes e o treinador definirão quando o quarteto espanhol viajará para o Brasil. É possível que precisem de um ou dois dias de preparação, pois quando desembarcarem no Rio, demorará meses até poderem voltar à Espanha.

Assembleia Legislativa do RN estende suspensão de atividades presenciais até 15 de agosto

Por causa da Covid-19, sessões continuarão sendo realizadas por videoconferência.
Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte Palácio José Augusto  (Foto: ALRN/Divulgação)

G1 RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte anunciou a prorrogação da suspensão de todas as atividades presenciais até o dia 15 de agosto. Com a decisão, publicada no Diário Oficial Eletrônico nesta quarta-feira (29), os deputados continuam trabalhando remotamente devido à pandemia do novo coronavírus.

As atividades legislativas e administrativas na Assembleia estão suspensas desde 18 de março. O presidente da ALRN, Ezequiel Ferreira (PSDB), afirmou que o adiamento do retorno não trará prejuízos aos trabalhos da casa. “Todas as reuniões estão funcionando de forma remota, através do teletrabalho e sessões por videoconferência”, falou.

Em nota, a Assembleia reforça que a medida visa evitar a propagação da Covid-19 e explica que a “prorrogação leva em consideração a manutenção do estado de calamidade pública declarada pelo Decreto Estadual nº 29.534, de 20 de março de 2020 e preza pela saúde e vida dos parlamentares, servidores e da sociedade em geral”.

Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200

Nova cédula terá como personagem o lobo-guará
Prédio do Banco Central do Brasil, Brasília/DF (Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)

Agência Brasil

A partir do fim de agosto, os brasileiros poderão circular com um novo tipo de cédula. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje (29) a criação da nota de R$ 200.

A cédula terá como personagem o lobo-guará, espécie que ficou em terceiro lugar em uma pesquisa realizada pelo BC sobre quais animais em extinção deveriam ser representadas em novas cédulas. O anúncio foi feito pelo Banco Central (BC), que convocou uma entrevista coletiva para apresentar a nova nota.

A diretora de administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, disse que o lançamento da nova nota é uma forma de a instituição agir preventivamente para a possibilidade de aumento da demanda da população por papel moeda.

Segundo o BC, entre março e julho deste ano, um dos efeitos econômicos da pandemia de covid-19 foi o aumento de R$ 61 bilhões no entesouramento de moeda, ou seja, notas que deixaram de circular porque a população deixou o dinheiro em casa.

De acordo com a diretora, não há falta de numerário no mercado, mas o BC entende que o momento é oportuno para o lançamento da nova cédula diante da possibilidade de aumento na demanda.

“Estamos vivendo neste momento um período de entesouramento, efeito derivado da pandemia. O Banco Central nesse momento não consegue precisar por quanto tempo os efeitos do entesouramento devem perdurar”, disse a diretora.

Em entrevista coletiva, Carolina também afirmou que a imagem da nota de R$ 200 ainda não está disponível porque está na fase final de testes de impressão. O lançamento está previsto para o final de agosto deste ano.

Segundo o BC, a tiragem em 2020 será de 450 milhões de unidades, equivalentes a R$ 90 bilhões.

Tremor de magnitude 2.1 é registrado em São Francisco do Oeste, RN

Tremor aconteceu às 11h33 e foi sentido pela população da cidade.
Tremor de terra de magnitude 2.1 foi registrado em São Francisco do Oeste (Foto: Reprodução/LabSis)

G1 RN

O Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LABSIS/UFRN) registrou nesta terça-feira (28) um tremor de terra de magnitude 2.1 no município de São Francisco do Oeste, no Rio Grande do Norte.

O evento ocorreu mais precisamente às 11h33 do horário local e foi registrado pelas estações sismográficas PFBR, localizada em Pau dos Ferros, e NBPA, localizada em Paraú.

O abalo foi sentido por moradores da cidade. A aposentada Maria José Leite conta que estava fazendo um suco e sentiu as louças no armário balançando. “Foi um tremor muito grande”, disse. O estudante Jean Glauber de Freitas conta que antes do tremor ouviu um grande estrondo. “Por volta das 11h30 eu estava me preparando para almoçar quando ouvi um grande estrondo e senti a terra tremer. Eu nunca tinha visto isso acontecer aqui, mas existem relatos de que já aconteceu outras vezes”.

Há ainda informações de que a população do município de Pau dos Ferros também sentiu o tremor. São Francisco do Oeste fica a cerca de 390 quilômetros de Natal.

De acordo com a Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), outros dois tremores de terra foram registrados no Rio Grande do Norte este mês. No dia 8 de julho ocorreu um abalo sísmico em Pedra Preta, com magnitude 1.6, e no dia 3 de julho um tremor de magnitude 1.9 foi registrado em Caraúbas.

O Laboratório informou a Defesa Civil do estado do Rio Grande do Norte sobre o tremor em São Francisco do Oeste e segue monitorando a atividade sísmica do Nordeste brasileiro em tempo real.

Uso da dexametasona em pacientes com covid é aprovado pela UFRN

“Vários estudos reforçam o posicionamento. Um dos mais importantes foi publicado no News England Journal of Medicine, no dia 16 de julho,  que reforça a utilidade, ainda que pequena, da dexametasona. É um corticoide que impacta na sobrevida das pessoas com covid grave”.
Diretor do Departamento de Infectologia da UFRN, Kleber Luz chama atenção para o uso de remédios (Foto: Magnus Nascimento/Tribuna do Norte)

Tribuna do Norte

Professores do Departamento de Infectologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (DINF/UFRN) realizaram uma reunião e apresentaram recomendações, com base nas evidências científicas disponíveis, a serem seguidas pelos médicos e comunidade acadêmica para o tratamento de pacientes com covid-19. O grupo de professores aprova o uso do medicamento dexametasona, que atua no sistema imune

“Um ensaio clínico sugere que baixa dose dexametasona (6mg/dia) tenha benefício no manejo de pacientes graves, com necessidades de oxigênio suplementar “, destaca documento publicado após a reunião dos infectologista realizada no dia 16 de julho. Baseados no uso em pacientes graves ou no contexto de ensaios clínicos randomizados e aprovados pelas agências regulatórias, os especialistas da UFRN também admitem o uso de imuneterapia, através de inibidores, imunoglobulina anti-SARS-CoV-2 ou plasma de convalescente.

“Vários estudos reforçam o posicionamento. Um dos mais importantes foi publicado no News England Journal of Medicine, no dia 16 de julho,  que reforça a utilidade, ainda que pequena, da dexametasona. É um corticoide que impacta na sobrevida das pessoas com covid grave”, citou o professor Kleber Luz.

Outra recomendação é a do uso de anticoagulante. “As evidências existentes sugerem que todos pacientes internados devem receber profilaxia antitrombótica. Anticoagulação plena deve ser iniciada tão logo surjam sinais clínicos e/ou radiológicos de tromboembolismo”, afirma a nota dos acadêmicos.

A UFRN está envolvida em estudos para desenvolver medicamentos que possam inibir,  ou diminuir,  a atividade inflamatória em pacientes com Covid-19. “Quando a pessoa tem o COVID-19, além da replicação viral, entra em um processo inflamatório. Essa droga visa combater essa inflamação que posa colaborar para o mau prognóstico das pessoas”, explica Kleber.

Veja mais aqui.