UFRN abre seleção com 12 vagas para doutorado em Bioquímica

Inscrições começaram nesta segunda-feira (11) vão até o dia 30 de abril.
Campus central da UFRN, em Natal (Foto: UFRN/Divulgação)

Por G1 RN

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abriu nesta segunda-feira (11) inscrições para quem quer concorrer ao doutorado em Bioquímica. Ao todo, são 12 vagas disponíveis, sendo duas delas reservadas para qualificação de servidores da instituição.

A inscrição está aberta até o dia 30 de abril e é feita online, no sistema da UFRN, através do preenchimento de um formulário. São necessários os dados pessoais e toda documentação de comprovação para realização do doutorado de forma digitalizada em formato PDF.

A seleção acontece em duas fases. Na primeira, há a avaliação do projeto em caráter eliminatório. Na segunda, o candidato faz a defesa oral do projeto, de forma presencial, com tempo máximo de 20 minutos, que será avaliada pela banca examinadora.

Prouni: quem quiser participar da lista de espera deve manifestar interesse entre 7 e 8 de março

Candidatos que não foram selecionados nas duas primeiras chamadas podem concorrer novamente. É necessário assinalar interesse em pleitear a vaga.
Foto: Reprodução/Internet

Por G1

Os candidatos que não foram selecionados nas duas primeiras chamadas do Programa Universidade para Todos (Prouni) podem manifestar interesse em participar da lista de espera. Os interessados devem entrar no site entre os dias 7 e 8 de março (5ª e 6ª feira) e confirmar que desejam concorrer à vaga.

O Prouni oferece bolsas de estudo parciais e integrais, que cobrem 50% e 100% da mensalidade de universidades privadas. Podem participar: ex-alunos que fizeram o ensino médio em escola pública, bolsistas em colégios particulares, pessoas com deficiência e professores da rede pública.

Com exceção dos docentes, todos devem comprovar renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo (bolsa integral) ou de até 3 salários mínimos (bolsa parcial).

Quem pode disputar uma vaga na 1ª opção de curso?

  • candidatos que foram selecionados na segunda opção de curso, mas que não puderam se matricular por não ter havido formação de turma;
  • os que não foram selecionados em nenhuma das chamadas regulares.

Quem pode disputar uma vaga na 2ª opção de curso?

  • candidatos que foram selecionados na primeira opção de curso, mas que não puderam se matricular por não ter havido formação de turma ou pela falta de bolsas disponíveis.

Resultado

A relação dos candidatos aprovados na lista de espera será divulgada pelas próprias instituições de ensino no dia 11 de março.

Em 12 e 13 de março, aqueles que forem pré-selecionados nessa etapa devem comparecer à universidade onde estudarão para comprovar as informações pessoais.

Calendário

  • Manifestação de interesse na lista de espera: 7 e 8 de março
  • Resultado da lista de espera: 11 de março
  • Confirmação de dados pessoais para os selecionados: 12 e 13 de março

Emídio Jr. se reúne com Secretário de Educação do Estado

O vereador foi cobrar uma solução para a falta de transporte escolar dos estudantes das escolas estaduais de Macaíba.
Foto: Vereador Emídio Jr., o servidor Joás, Getúlio Marques, Secretário de Educação do Estado, a servidora Sônia e Edivaldo Emídio, Coordenador pedagógico da Escola Estadual de Traíras.

O vereador Emídio Jr. esteve reunido com o Secretário de Educação do Estado, Getúlio Marques, para tratar sobre a falta de transporte dos estudantes da rede estadual de Educação, residentes em Macaíba.

De acordo com o vereador, o problema ocorreu porque, outra vez, a Prefeitura de Macaíba ao Programa não aderiu ao Estadual de Transporte Escolar do RN (PETERN).

“Solicitei ao secretário que colocasse os amarelinhos para transportar os estudantes enquanto esse problema não for resolvido. Mas é lamentável que o prefeito, outra vez, faça isso com os estudantes macaibenses, prejudicando mais de 2 mil alunos”, afirmou.

Assista ao vídeo gravado pelo vereador logo após a reunião:

Transporte Universitário: Prefeitura de São Gonçalo inicia período de inscrições para o cadastro dos estudantes em 2019

Mais de 400 estudantes já foram beneficiados pelo programa.
Mais de 400 estudantes já foram beneficiados pelo programa (Foto: Reprodução/Prefeitura de São Gonçalo do Amarante)

A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), convida os usuários do Transporte Universitário (TU) para realização do cadastro anual. O investimento público contribui para que os futuros profissionais atuem em suas áreas de formação e possam colaborar com o desenvolvimento de sua cidade.

Para usar o transporte, os estudantes devem fazer o cadastro na Coordenação Municipal de Juventude, que funciona na Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, localizado na Rua Ismael Cardoso, n° 45 – Centro de São Gonçalo do Amarante/RN. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Os documentos necessários são:

  • Declaração da faculdade;
  • Cópia do comprovante de residência;
  • Cópias do RG e CPF;
  • Cópia da carteira de estudante;
  • Número do NIS;
  • Duas fotos 3X4.

Os alunos já cadastrados devem enviar um e-mail com a declaração de matrícula atual, número para contato e local onde reside para o endereço: [email protected]

STF derruba postagem de deputada que estimulava perseguir professores

Ministro Edson Fachin anula decisão de tribunal de Santa Catarina que mantinha mensagem de Ana Carolina Campagnolo (PSL-SC) estimulando alunos a gravar professores.
Edson Fachin, ministro do STF, derrubou decisão do TJ de Santa Catarina que estimulava patrulhamento de professores em sala de aula

Da Rede Brasil Atual

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin derrubou decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) que permitia à deputada estadual Ana Carolina Campagnolo (PSL-SC) incitar e estimular, pelas redes sociais, alunos a denunciar professores por “manifestações político-partidárias ou ideológicas”. A decisão foi publicada na sexta-feira (8).

Fachin ressaltou que a decisão do TJ-SC afrontava entendimentos anteriores da Corte e da Constituição brasileira e mencionou, como exemplo, a jurisprudência da ADPF nº 548, quando se “proibiu expressa e justamente que autoridades públicas estatais determinem, promovam ou permitam o controle e a fiscalização, por agentes estatais, da liberdade de expressão e de pensamento de professores, alunos e servidores dentro dos ambientes escolares”.

A deputada havia publicado em sua página na rede social, ainda durante a campanha eleitoral, em outubro do ano passado, uma mensagem incentivando estudantes a filmar e gravar “todas as manifestações político-partidárias ou ideológicas” que, segundo ela, “humilhem ou ofendam sua liberdade de crença e consciência”.

Publicamente, a parlamentar justificou o estímulo à perseguição afirmando que “muitos professores doutrinadores estarão inconformados e revoltados com a vitória do presidente Bolsonaro” e que “não conseguirão disfarçar sua ira e farão da sala de aula uma audiência cativa para suas queixas político-partidárias”. Tempos depois, Carolina afirmou que a iniciativa tratava-se de uma “promessa de campanha”.

Leia aqui a íntegra da decisão de Fachin

Concurso com 200 vagas para educadores no RN segue com inscrições até sexta-feira

Funcern segue com as inscrições abertas para o processo seletivo simplificado que vai indicar 100 técnicos da área das ciências agrárias e mais 100 para alfabetizadores.
Foto: Reprodução/Internet

Da Tribuna do Norte

A Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte (Funcern) segue com as inscrições abertas para o processo seletivo simplificado que vai indicar 100 técnicos da área das ciências agrárias e mais 100 para alfabetizadores. O foco é selecionar professores para atuar na qualificação social e profissional para agricultores familiares que atuam em nove territórios do estado.

No processo seletivo, que será realizado através de análise curricular e provas de títulos, os candidatos selecionados deverão ministrar duas horas de aula por dia, no total de 10 horas semanais, além de realizar atividades relacionadas ao Tempo Comunidade, com carga horária mensal de 12 horas e que serão desenvolvidas em conformidade com as abordagens em sala de aula e de total interesse e necessidade dos alfabetizandos. Pelo trabalho, a remuneração será de R$ 676,00, referente às horas-aula e regido pela CLT.

Pelo edital, estão previstas vagas em 29 municípios em várias regiões do estado. As inscrições,que são gratuitas, podem ser realizadas presencialmente, mas os recursos serão feitos através da internet.

Veja edital completo aqui.

CONTOS DO FERREIRO TORTO

Macaíba Assombrada: Ferreiro Torto é ainda hoje um lugarejo de Macaíba, e, quando há vinte e sete anos pela última vez o revi, estive na propriedade do “coronel” Francisco Coelho (descendente do outro?), com casa-grande, plantação de banana, caieira e mata de lenha, cujos produtos eram embarcados em botes e batelões que atracavam, em trapiche de madeira (*).

Ao lado da crônica social dessa casa-grande, moradia de antigos abastados, existiam duas versões lendárias a respeito do lugar: a luz incandescente que, vez por outra, surgia misteriosamente nas ruínas de parede grossa que ficavam no cocuruto de um morro do outro lado da estrada de rodagem, a que chamavam o “castelinho mal-assombrado”; e a mina de dinheiro enterrada em baixo do solar e cuja entrada secreta mostrada em sonhos a várias pessoas pela mesma aparição (um “lorde”, como descrevia a tradição oral dos moradores da vizinhança e de velhos criados do solar), era uma larga porta pesada sem serventia, nos fundos da casa, e da qual se dizia ser a entrada de um túnel subterrâneo que, atravessando a largura do rio, ia dar na outra margem.

*Fontes
(O texto foi extraído das páginas 125 e 126 da 2ª edição do livro Província Submersa, do macaibense Octacílio Alecrim, publicada em 2008 pelo Instituto Pró-Memória de Macaíba-RN em parceria com o Senado Federal)
(A ilustração foi produzida pelo pesquisador Silva Nunes fotografando parte da página 443 da 2ª edição do livro “Memórias”, do macaibense Eloy de Souza, publicada em 2008 pelo Instituto Pró-Memória de Macaíba-RN em parceria com o Senado Federal)

Prefeitura de Mossoró paga 14º Salário a professores

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP) anunciou o pagamento do décimo quarto salário aos profissionais da Educação na folha do mês de fevereiro 2019.
Rosalba Ciarlini, Prefeita de Mossoró (Foto: Reprodução/Internet)

Por Tribuna do Norte

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP) anunciou o pagamento do décimo quarto salário aos profissionais da Educação na

folha do mês de fevereiro 2019. Uma outra novidade é o pagamento da mudança de nível dos professores, que também será quitado na folha de fevereiro. Além disso, a Prefeitura de Mossoró garantiu o terço de férias dos professores através do pagamento antecipado na folha de janeiro, que estava previsto para o próximo dia 10.

“Apesar de toda dificuldade financeira vivenciada pelo município, a exemplo do restante do país, a prefeita Rosalba Ciarlini autorizou iniciar esse pagamento por entender a importância de valorizar o profissional da Educação, principalmente nesse momento importante que é o início do ano letivo. O terço de férias dos professores já devidamente pago e a mudança de nível, que vem agora também em fevereiro”, disse a secretaria municipal de Educação, Magali Delfino.

No total são 29 escolas premiadas com o ” Prêmio 14º Salário” representando um investimento de aproximadamente R$1,6 milhão. Dessas unidades de ensino, 16 já foram publicadas no Jornal Oficial de Mossoró, e as outras 13 serão publicadas em breve.

O salário extra para os servidores da educação é garantido através da Lei Nº 271/2010, que instituiu a Política de Responsabilidade Educacional, e do Decreto Nº 4066/2012, que criou o “Prêmio 14º Salário”.

➕ A TRISTE PARTIDA ➕

“A surpresa da morte de Auta recebi-a como uma martelada. Apagou-se aquela nobre inteligência, inocente e sonhadora, que ainda ontem versejava contrastes de melancolia e de contentamento, figurando-se ela, a nossa querida morta, sempre do lado da sombra, do pólo negativo da existência. A ti, meu bom Eloy, a Henrique, a João, tão teus irmãos pela retilínia probidade e pelo sagrado respeito com que zelam e ampliam o opulento patrimônio moral, que receberam de teu Pai, e à santa velhinha, que, no mais obscuro e sublime das lágrimas, tem sido a providência incomparavelmente desvelada de todos vocês, envio o meu abraço de profundos pêsames, tão espontâneo e sincero, como a lágrima irreprimível que neste momento me está nublando os olhos”, escreveu Pedro Velho de Albuquerque Maranhão em carta enviada a Eloy Castriciano de Souza sobre a morte de Auta Henriqueta de Souza.

A poetisa macaibense faleceu na madrugada de 7 de fevereiro de 1901. Era uma hora e quinze minutos quando encantava-se, aos 24 anos, a jovem autora do livro “Horto”. Nesta quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019, faz 118 anos do triste acontecimento que levou para o plano espiritual a maior poetisa mística do Brasil e uma das primeiras líricas.

Inicialmente, Auta foi sepultada no Cemitério do Alecrim, na capital potiguar. Após anos, os seus restos mortais foram trasladados e encontram-se repousando atualmente em túmulo nas dependências da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na sua cidade natal, a belíssima Macaíba.

* Silva Nunes | escritor e pesquisador