RN+Protegido entrega 600 mil novas máscaras a municípios e entidades

Desde que foi lançado, em abril, o programa já entregou mais de 1 milhão de máscaras de pano à população vulnerável e trabalhadores das atividades essenciais em todo o território potiguar.

O Rio Grande do Norte já contabiliza mais de 3 mil casos confirmados de covid-19. Para ajudar na proteção contra o vírus, o Governo do RN realiza semanalmente a distribuição de máscaras de tecido através do programa RN+Protegido. A iniciativa, elaborada em parceria com o setor privado, irá levar mais 600 mil unidades a prefeituras e entidades durante toda a semana para serem entregues à população. Até a próxima sexta-feira (22), serão 400 mil potiguares contemplados com a distribuição dos novos itens.

Segundo o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec) e idealizador do RN+Protegido, Jaime Calado, “este é o maior programa de distribuição de máscaras do Brasil”.  Desde que foi lançado, em abril, o programa já entregou mais de 1 milhão de máscaras de pano à população vulnerável e trabalhadores das atividades essenciais em todo o território potiguar e pretende alcançar a marca de 7 milhões de máscaras distribuídas.

A Controladoria Geral do Estado (Control-RN) é responsável por organizar a logística semanal de distribuição, conforme a chegada de novas remessas oriundas das oficinas de costura do interior do estado.  “Esta é uma importante parceria do Governo com as indústrias têxteis do Rio Grande do Norte em prol da saúde da população”, destaca o controlador – geral do Estado, Pedro Lopes.

A ação mantém o emprego de 4 mil funcionários nas oficinas do Pró-Sertão, associadas à indústria-âncora Guararapes, que doa a matéria-prima para a confecção das máscaras. As peças são fabricadas a preço de custo e adquiridas pelo Estado, que arca com os custos da mão-de-obra – mais de R$ 1 milhão, com recursos do Governo Cidadão via empréstimo com o Banco Mundial, está sendo investido para aquisição de 3 milhões de máscaras.

Em uma primeira etapa, já foram entregues 400 mil máscaras aos 167 municípios do RN – outras 600 mil foram distribuídas pelas secretarias e órgãos do Governo do Estado. Os lotes chegam semanalmente e são rateados de acordo com a situação de cada cidade. Nesta semana, 200 mil novos itens serão distribuídos entre os 14 municípios mais necessitados, entre eles, Natal e região Metropolitana, Mossoró, Caicó e região de João Câmara.  Outras 50 mil máscaras também serão entregues aos demais municípios do RN. As peças poderão ser retiradas pelas prefeituras em suas respectivas Regionais de Saúde a partir desta terça-feira (19).

Também estarão disponíveis esta semana 44 mil máscaras para instituições e projetos beneficentes. A lista inclui associações e conselhos comunitários, fundações, entidades religiosas, coletivos de direitos humanos, grupos artísticos e folclóricos, sindicatos, entre outros. “Nós buscamos atender, dentro das nossas possibilidades, a todas as solicitações que chegam através do nosso e-mail” disse Pedro Lopes. O controlador lembra que as instituições da Grande Natal podem receber os equipamentos na Escola de Governo a partir desta terça-feira (19), das 9h às 17h. A consulta sobre entidades beneficiadas e quantitativos disponíveis pode ser feita no Portal da Transparência do Governo do RN . O e-mail para requisição de máscaras e outros insumos é o [email protected]

Governo vai disparar SMS com orientações sobre coronavírus

Mensagem pede que pessoas lavem as mãos e evitem aglomerações
Foto: Reprodução/Internet

Agência Brasil

Os mais de 210 milhões de celulares ativos no país começam a receber, a partir de hoje (22), mensagem de texto (SMS) do governo federal com orientações para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. A iniciativa é do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio do sistema de alertas da Defesa Civil, em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A mensagem reforça cuidados que os cidadãos devem ter para conter o avanço da contaminação pelo vírus, como evitar aglomerações e lavar bem as mãos. Populações de São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará, os estados com o maior número absoluto de casos confirmados, serão as primeiras a receberem os avisos pelo celular.

O Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), do Ministério do Desenvolvimento Regional, coordena o envio de alertas por SMS. Atualmente, além da Defesa Civil Nacional, o sistema é utilizado por 100 Defesas Civis estaduais e municipais.

Só entre março e abril, mais de 150 milhões de mensagens com orientações sobre o novo coronavírus foram disparadas para números já cadastrados no serviço de alertas de desastres naturais. Em todo o país, 9 milhões de celulares estão habilitados para receber informações de defesas civis locais.

Para ter acesso aos avisos gratuitos por SMS, os usuários interessados devem enviar uma mensagem do telefone celular para o número 40199. Na área de texto, é só indicar o CEP de interesse – é permitido cadastrar mais de um CEP. Com o cadastro feito, o celular está apto a receber alertas e recomendações da Defesa Civil sobre desastres naturais diversos.

Militar é resgatado após ejetar em avião da FAB que fazia treinamento no litoral do RN

FAB vai investiga o porquê do militar ter ejetado. Piloto que estava na aeronave conduziu o avião até o pouso.
Após ejetar e ser retirado da água militar foi levado por um helicóptero da FAB (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Por G1 RN

Um militar da Força Aérea Brasileira (FAB) foi resgatado no litoral do Rio Grande do Norte após ejetar de um avião em treinamento na tarde desta terça-feira (3). O caso aconteceu próximo à praia de Santa Rita, na Grande Natal.

Em nota, o Comando da Aeronáutica informou que a ejeção do assento traseiro da aeronave A-29 aconteceu durante uma missão de treinamento. “O militar envolvido na ejeção foi resgatado, passa bem e está sendo submetido à avaliação médica”, informou em nota.

Segundo a Aeronáutica, o procedimento aconteceu nos padrões de segurança e “o piloto da aeronave, que ocupava o assento dianteiro, retornou à Ala 10 – Base Aérea de Natal, realizando o pouso normalmente”.

A Aeronáutica informou também que iniciou as investigações para apurar o que levou o piloto a ejetar.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o piloto foi resgatado no mar por guarda-vidas que estavam na praia da Redinha. Em seguida, um helicóptero da FAB pousou na praia e levou o piloto.

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado de R$ 190 milhões

O prêmio está acumulado há 15 concursos, recorde para a modalidade
Foto: (Reprodução/Internet)

Agência Brasil

A Mega-Sena sorteia neste sábado (22) prêmio estimado em R$ 190 milhões. É 15ª vez que a Mega-Sena acumula este ano, o recorde para a modalidade.

O sorteio das seis dezenas do concurso 2.236 será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

O sorteio é aberto ao público, que pode acompanhar também pelas redes sociais: no Facebook e no canal Caixa no Youtube.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render R$ 491 mil por mês.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Probabilidade

A probabilidade de acerto da aposta simples de seis números na Mega -Sena é de uma em 50 milhões. Já no caso da aposta de de números, a chance de ganhar aumenta para uma em 238 mil.

Caminhão tomba e carga de cerveja é saqueada no interior do RN

Acidente ocorreu na manhã desta sexta-feira (21) entre os municípios de Santo Antônio e Várzea.
Carga foi saqueada por motoristas que passavam na RN-003 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Por G1 RN

Um caminhão transportando latas de cerveja tombou no fim da manhã desta sexta-feira (21), na RN-003 entre os municípios de Santo Antônio e Várzea, região Agreste do Rio Grande do Norte. Até o momento, as causas do acidente são desconhecidas, mas a principal suspeita da Polícia Militar é de que o motorista tenha perdido o controle do veículo, saído da estrada, furado a cerca e tombado em sequência.

Antes da chegada da Polícia Militar ao local, houve saque de parte da carga que tombou. Segundo militares que atenderam a ocorrência, motoristas que passavam pela rodovia estadual pararam os veículos próximo ao local do acidente e levaram latas de cerveja. Ninguém foi preso.

O motorista do caminhão teve apenas ferimentos leves e não precisou de socorro médico. Ele era o dono do caminhão e também da carga.

Chuvas em janeiro são 66,6% maiores que em 2019 no RN, aponta EMPARN

De acordo com a empresa, a média observada de chuvas no RN no ultimo mês foi de 100,7 milímetros, números que superou com folgas a projeção para o período 60,4 milímetros
Foto: Blog Folha Patoense

Tribuna do Norte

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) divulgou nesta terça-feira, 4, o balanço das chuvas do ultimo mês de janeiro e reparou que o volume pluviométrico registrado é 66,6% maior que o mesmo período do ano passado. De acordo com a empresa, a média observada de chuvas no RN no ultimo mês foi de 100,7 milímetros, números que superou com folgas a projeção para o período (60,4mm).

As mesorregiões Leste e Agreste do Rio Grande do Norte contribuíram para o crescimento. De acordo com a Emparn, foram essas regiões que registraram a maior média de chuvas observadas em janeiro (125,6% e 87,6% respectivamente). Os postos pluviométricos, monitorados pela Emparn,registraram as maiores precipitações em Portalegre (212,9mm), Barcelona (216,9mm), Cel. João Pessoa(201,8mm) no primeiro mês do ano.

De acordo com o chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da EMPARN, Gilmar Brisot, foram observadas chuvas com boa distribuição. As precipitações ocorreram em todas as regiões do RN neste período, com registros de volumes acima de 200mm no Alto Oeste e no Trairi. “As chuvas ocorridas em janeiro de 2020 no Estado ocorreram devido a atuação do sistema meteorológico Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCANS), e em alguns momentos, juntamente com a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)”, disse.

Os primeiro dias de fevereiro já registraram a ocorrência de boas chuvas, especialmente na mesorregião Oeste Potiguar com os três maiores volumes no ultimo fim de semana: Rafael Godeiro (133,4mm), Olho D´água dos Borges (129,7mm), e em Martins (119,4mm). “A perspectiva é de que em 2020 tenhamos um período chuvoso normal a acima do normal, dentro, ou acima, da média histórica na região semiárida potiguar”, avalia Bristot.

Parque tecnológico deverá iniciar operações em 2021

Governo investirá R$ 8 milhões no Parque com sede em Macaíba, em um esforço coletivo com a UFRN e outras instituições.
Foto: Elisa Elsie/ASSECOM RN

O Governo do Estado investirá R$ 8 milhões no Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PCTRN), no município de Macaíba, em um esforço coletivo com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e outras instituições para estruturação do equipamento.

Com previsão para ter início em 2021, será o primeiro parque no Rio Grande do Norte com característica estadual onde as instituições e as empresas poderão empreender e inovar no espaço. O recurso faz parte do acordo de empréstimo do Governo do Estado, por meio do Governo Cidadão, com o Banco Mundial, após a readequação feita no projeto Governo Cidadão.

A governadora Fátima Bezerra recebeu, nesta terça-feira (28), o reitor da UFRN, José Daniel Diniz, a assessora Ângela Paiva, e os convidados da Universidade Federal de São Carlos, o diretor e pesquisador do Centro de Desenvolvimento de materiais Funcionais CDMF, Elson Longo, e a representante da empresa Katléia, Valéria Longo. O encontro ocorreu na Governadoria.

O reitor explicou que o projeto está em um momento de definições com os parceiros para início dos trabalhos. “Será um espaço de inclusão, formação e fomento para as empresas em diversos segmentos”.

Para Elson Longo, “É uma ótima construção, não deve em nada aos parques que conheci no exterior. Está pronto para um retorno financeiro. Vejo grandes possibilidades para desenvolver o parque tecnológico e a economia local. O RN está bem localizado geograficamente e com muitas riquezas naturais sendo mais uma vantagem para o equipamento”.

Em apoio ao desenvolvimento tecnológico no Estado, a governadora enfatizou o trabalho que vem realizando para atrair novas indústrias e investimentos. “Estamos avançando cada vez mais na busca de novos parceiros em prol do crescimento econômico do Estado, motivados e preparando o RN para o desenvolvimento. Mesmo diante das dificuldades orçamentárias, fizemos questão de incluir o projeto do parque para alavancar a economia. Em nossas viagens ao exterior sempre apresentamos o parque em busca de novos investidores”, explicou.

O parque irá promover polos de inovação e empreendedorismo em áreas como energias renováveis, mineração, pesca, aquicultura, setor têxtil, turismo, fruticultura e serviços. Vai estimular a cultura do empreendedorismo inovador, a partir da junção de Governo, Academia e setor privado, desenvolvendo áreas importantes e que requerem ciência e tecnologia de alto impacto, o que trará benefícios para o Estado, fomentando a pesquisa e atraindo empresas.

O projeto de implantação do parque envolve a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em parceria com a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), a Federação das Indústrias do RN (Fiern), por meio do Sesi e do Centro de Tecnologias do Gás e Energia Renováveis (CTGAS-ER), Fecomércio e o Sebrae-RN.

Novas placas de veículos serão obrigatórias a partir de 31 de janeiro

Padrão Mercosul será necessário para novos emplacamentos
Placa Mercosul (Imagem: Divulgação/Ministério das Cidades)

Agência Brasil

Após sucessivos adiamentos, começa a valer a partir do dia 31 de janeiro a obrigatoriedade de uso da placa do Mercosul em todos os estados do país. O prazo atende ao estipulado na Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de julho do ano passado, que determina que as unidades federativas do país devem utilizar o novo padrão de Placas de Identificação Veicular (PIV)..

Desde a decisão pela adoção da placa do Mercosul, a implantação do registro foi adiada seis vezes. A adoção do sistema de placas do Mercosul foi anunciada em 2014 e, inicialmente, deveria ter entrado em vigor em janeiro de 2016. Em razão de disputas judiciais a implantação foi adiada para 2017 e depois, adiada mais uma vez para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem se adaptar ao novo modelo e credenciar as fabricantes das placas.

As novas placas já são utilizadas na Argentina e no Uruguai. A previsão é que em breve comecem a valer também no Paraguai e na Venezuela.

Dos 26 Estados brasileiros, já aderiram à nova PIV Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

Nova placa

A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento e, para quem tiver a placa antiga, no caso de mudança de município ou unidade federativa; roubo, furto, dano ou extravio da placa, e nos casos em que haja necessidade de instalação da segunda placa traseira.

A nova placa apresenta o padrão com 4 letras e 3 números, o inverso do modelo atualmente adotado no país com 3 letras e 4 números. Também muda a cor de fundo que passará a ser totalmente branca. A mudança também vai ocorrer na cor da fonte para diferenciar o tipo de veículo: preta para veículos de passeio, vermelha para veículos comerciais, azul para carros oficiais, verde para veículos em teste, dourado para os automóveis diplomáticos e prateado para os veículos de colecionadores.

Todas as placas deverão ter ainda um código de barras dinâmico do tipo Quick Response Code (QR Code) contendo números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante e estampador da placa. O objetivo é controlar a produção, logística, estampagem e instalação das placas nos respectivos veículos, além da verificação de autenticidade.

Auditoria descobre sonegação fiscal de mais de R$ 1,5 milhão feita por fornecedores do Governo do RN

Segundo a Controladoria Geral do RN, empresas que fornecem alimentação para os restaurantes populares cancelavam notas fiscais após entregarem documentos para o estado.
Casos foram descobertos dentro do programa Restaurante Popular do governo estadual. (Arquivo) — Foto: Rayane Mainara

Uma auditoria da Controladoria Geral do Estado descobriu sonegações fiscais realizadas por empresas que prestam serviço ao próprio governo do Rio Grande do Norte. De acordo com o controlador-geral, Pedro Lopes, as empresas faziam as notas fiscais, entregavam ao governo para receber o pagamento pelo serviço, mas cancelavam o registro em seguida, deixando de pagar os impostos federais e estaduais. Mais de R$ 1,6 milhão deixaram de ser pagos aos cofres estaduais, ainda segundo ele.

De acordo com o Pedro Lopes, essa foi mais uma descoberta realizada durante as apurações a respeito do programa de Restaurantes Populares, que fornece alimentação com preço subsidiado à população. De acordo com ele, inicialmente foi descoberto que parte das empresas cobravam ao estado mais do que forneciam. “Passamos a fazer o controle e reduzimos o custo em R$ 2 milhões por mês”, afirmou ao G1.

Durante as investigações, a Controladoria começou a regular os custos através da nota fiscal. “Levantamos R$ 15,9 milhões em notas fiscais que foram entregues e pagas pelo estado. Só que as empresas, depois que recebiam, ou devolviam, ou cancelavam a nota, ou seja o tributo não era pago”, explicou.

Segundo o controlador, pelo menos quatro empresas foram flagradas. O caso foi repassado à Secretaria de Estado de Tributação (SET), que emitiu multas e autos de infração às empresas. “Só uma delas pagou R$ 500 mil”, revelou.

Detran leiloa 500 lotes de veículos na próxima semana

Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida.
Detran RN faz leilão de 500 lotes de veículos (Foto: Divulgação/Detran)
O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa na próxima quarta (15) e quinta-feira (16), 500 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos no pátio do Detran, situado na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara), em Natal.
Os interessados podem visitar o local na próxima segunda (13) e terça-feira (14), no horário das 8h às 11h30 e das 13h às 16h. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.
O leilão acontece em duas fases, sendo leiloados na quarta-feira (15) os veículos catalogados nos lotes 001 a 250, e na quinta-feira (16) os demais, compreendidos entre 251 e 500. Ambos serão realizados a partir das 10h, no Auditório do Governo do Estado, situado no Centro Administrativo, BR 101, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.
Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida. Sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.
A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro
O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,9% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.
Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2020. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar as baixas da sucata e de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.
Outro ponto importante é que os veículos tipo ciclomotores que porventura não estiverem devidamente emplacados somente serão liberados para retirada após o emplacamento, como determina a legislação vigente. Para isso o arrematante deve estar ciente de que todas as custas que envolvam esse processo correm por sua conta.
O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: AQUI.