Corpos encontrados na zona rural de Macaíba foi alarme falso

Informação foi corrigida pela Polícia Militar, após ir ao local onde os corpos teriam sido encontrados por moradores.

Por G1RN

A informação que três corpos enrolados em lençóis teriam sido encontrados na manhã desta sexta-feira (5) em uma região por trás da Vila Olímpica de Macaíba, na Grande Natal, foi falsa.

(CORREÇÃO: ao publicar esta reportagem, o G1 errou ao informar que houve a descoberta de três corpos na manhã desta sexta-feira (5) em Macaíba. Na verdade, segundo a Polícia Militar, tratou-se de um alarme falso. A informação foi corrigida às 13h de 05/04/2019.

Comandante do 11º Batalhão da PM, o tenente-coronel Fábio Araújo disse ao G1 que havia recebido a notícia, mas depois corrigiu a informação dizendo tratar-se de uma alarme falso.

Três corpos são encontrados por trás da Vila Olímpica de Macaíba

Comandante do 11º Batalhão da PM, o tenente-coronel Fábio Araújo disse que, em razão de os corpos estarem cobertos, ainda não foi possível verificar o sexo nem o que causou as mortes.
Fachada do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução/ITEP RN)

Do Connecttv Macaíba

Três corpos, enrolados em lençóis, foram encontrados na manhã desta sexta-feira (5) em uma região por trás da Vila Olímpica de Macaíba, na Grande Natal.

Comandante do 11º Batalhão da PM, o tenente-coronel Fábio Araújo disse que, em razão de os corpos estarem cobertos, ainda não foi possível verificar o sexo nem o que causou as mortes.

“Moradores da região sentiram um mau cheiro, e depois que viram que eram três cadáveres, fomos chamados”, acrescentou o oficial.

Anderson Tavares de Lyra recebe título de Doutor em Educação

A tese do historiador foi sobre o ex-governador Alberto Maranhão e a educação republicana no Rio Grande do Norte de 1900-1914.
Dr. historiador Anderson Tavares de Lyra (Foto: Reprodução/Tribuna do Norte)

De acordo com o blog Cidadão Macaibense, o historiador Anderson Tavares de Lyra recebeu o título de Doutor em Educação pelo Programa de Pós Graduação em Educação pela UFRN no último dia 7, tornando-se o primeiro macaibense a receber o grau de Doutor em Educação. Ao blog, o historiador deu o seguinte depoimento:

“Com estudos sempre voltados para minha cidade e meu povo, Macaíba me concedeu graduação, mestrado e doutorado. Este ano completo 25 anos de pesquisas, iniciei aos 13 anos de idade (1993) e para mim esse título é a culminância de anos de pesquisa.” 
 
É com muita satisfação que o Macaíba News deseja o parabéns e muito sucesso para este grande conterrâneo.
 

Diário de Macaíba: “Valor do contrato da B&B com a Prefeitura aumentou de forma astronômica”

O contrato da Prefeitura de Macaíba com a B&B pulou de R$ 487 mil, em 2013, para pouco mais de R$ 7 milhões em 2017.
Bandeira com o logotipo da B&B (Foto: Reprodução/Diário de Macaíba)

O Macaíba News reproduz, sem fazer qualquer julgamento, um resumo das principais partes da matéria “De motorista da Prefeitura a um rico empresário: Conheça parte da trajetória de sucesso do mega empresário da B&B Locação de Mão de Obra”, publicada pelo blogue Diário de Macaíba na última segunda-feira (17).

De acordo com o blogue, em 2012, o proprietário da B&B Locação de Mão-de-Obra, Edimilson Basílio, na época um simples motorista da Prefeitura de Macaíba, viajou para Foz de Iguaçu, no Paraná, na companhia do então procurador geral da Prefeitura, Adauto Evangelista Neto, e do então gerente de Licitações e Contratos, Francisco de Assis Silva, que estava acompanhado por sua esposa, Dra. Bianka Maria Pinheiro.

Em 7 de outubro de 2012, Fernando Cunha ganhou a eleição para prefeito. Quarenta dias depois, em 16 de novembro de 2012, nascia a B&B Locação de Mão-de-Obra, com o capital social de R$ 1,5 milhões.

De acordo com o blogue, na Prefeitura de Macaíba já existia uma empresa que realizava os serviços de locação de mão de obra, a Mult Service Construções e Serviços LTDA, contratada na gestão de Marília Dias. Em 2013, após ser instaurado um processo administrativo contra a Mult Service, a Prefeitura decidiu reincidir o contrato, alegando que empresa cometeu irregularidades. Porém, segundo o Diário, essas irregularidades não foram citadas.

Logo em seguida, sob caráter de urgência, a Prefeitura de Macaíba abriu um novo processo licitatório, que foi vencido pela B&B. Na época, o Procurador Geral e o gerente de Licitações e Contratos da Prefeitura eram, respectivamente, Adauto Evangelista Neto e Francisco de Assis da Silva. O contrato da B&B com a Prefeitura foi firmado no valor de R$ 487.400,00 e teve aditivos milionários ao longo dos anos, inclusive em 2013, conforme os valores abaixo:
2013: R$ 1.2 milhões; 2014: R$ R$ 4.3 milhões; 2015: R$ R$ 5.2 milhões; 2016: R$ 5.9 milhões; e 2017: R$ 7 milhões.

Uma outra denúncia diz respeito à licitação para construção da quadra do Assentamento José Coelho que, segundo o blogue, não consta no Boletim Oficial do município. A obra foi iniciada em novembro de 2016 pela B&B.

Outro fato bem curioso, diz o blogue, é que a Dra. Bianka Maria Pinheiro, esposa do agora presidente da Comissão de Licitação da Prefeitura, Francisco de Assis Silva, está advogando uma causa da B&B Locação de Mão de Obra, no Fórum de Macaíba.

Em nota, a B&B afirmou que sempre participou de processos licitatórios em total conformidade com a lei. A repeito da licitação realizada pela Prefeitura de Macaíba no ano de 2013, a empresa disse que disputou o processo com outras 18 empresas de diversas cidades do Brasil, sendo a vencedora e, até hoje, atendendo a todas as exigências. Por fim, a empresa destacou que emprega cerca de 300 funcionários e mantém todos os salários e impostos rigorosamente em dia.

Também em nota, a Prefeitura de Macaíba afirmou que a contratação da empresa prestadora de serviços, B&B Locação de Mão de Obra Ltda, seguiu todos os requisitos legais e que cumpre todas as exigências que lhe são devidas, com total transparência de todos os atos praticados no âmbito municipal. A Prefeitura que afirmou está à disposição para prestar todo e qualquer esclarecimento, não apenas do ato de contratação da empresa B&B, como qualquer outro ato praticado pela administração municipal.

Por fim, o blogue Macaíba News não conseguiu contato com os senhores, Adauto Evangelista Neto e Francisco de Assis Silva, nem com a senhora, Bianka Maria Pinheiro. Contudo, vale ressaltar que o blogue continua à disposição para que as partes interessadas enviem o seu consagrado direito de reposta.