Polícia Militar encerra curso de formação de mil soldados e anuncia convocação de nova turma em 2021

segundo comandante-geral, coronel Alarico, novos soldados vão atuar nas eleições e serão distribuídos aos batalhões até dezembro. Nova turma com cerca de 400 alunos deve ser convocada em janeiro.
Coronel Alarico Azevedo, comandante-geral da Polícia Militar no Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

G1 RN

Com déficit de aproximadamente 6 mil militares na segurança pública, a Polícia Militar do Rio Grande do Norte encerrou, na semana passada, o curso de formação de 1.024 novos soldados, convocados em 2019 pela corporação. De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, cerca de 400 candidatos que ficaram no cadastro reserva do concurso deverão ser convocados em janeiro de 2021.

Ainda de acordo com o comandante, os novos militares formados vão atuar na segurança das eleições e, até dezembro, serão distribuídos aos 31 batalhões do estado, entrando na escala comum de trabalho. O curso de formação teve duração de 11 meses.

“Terminaram as aulas e estão sendo fechadas as atas para que eles sejam promovidos a soldados. Na segunda-feira, dia 9, estarão sendo promovidos, com a autorização da governadora, e a partir disso já estarão prontos para trabalhar”, afirmou.

Se os todos os novos soldados fossem distribuídos igualmente entre todos os 167 municípios do estado, seriam seis militares a mais em cada cidade. No entanto, o comandante afirmou que há um planejamento e que eles serão distribuídos aos comandos regionais, que definirão onde os soldados irão atuar, conforme a necessidade.

“Eles irão trabalhar no pleito eleitoral e estamos trabalhando no planejamento para distribuição deles nos 31 batalhões espalhados no Rio Grande do Norte. A partir de dezembro, eles já estarão na escala normal de serviço”, reforçou o coronel Alarico. “Nós temos o objetivo de reforçar todas as áreas”, disse.

Mais 400 convocados

O comandante da Polícia Militar confirmou que o governo autorizou a chamada de uma segunda turma de aproximadamente 400 alunos a partir de 4 janeiro de 2021.

“O nosso pensamento e nosso planejamento junto ao governo do estado é que tenhamos continuidade de concursos públicos. A população precisa de segurança, precisa de policiais na rua, que hoje está sendo suprido pelas diários operacionais”, declarou.

Por enquanto, segundo o comandante, a Polícia Militar não deverá criar um novo batalhão no estado.

Mototaxista de 50 anos é executado a tiros na frente da mulher na Grande Natal

Caso aconteceu na noite desta terça-feira (11) em Macaíba. Filho do casal também estava em casa na hora do crime. Ninguém foi preso.
Crime aconteceu na noite desta terça-feira (Foto: Sergio Henrique Santos/InterTV Cabugi)

G1 RN

Um mototaxista foi assassinado com vários tiros dentro de casa, na frente da esposa, na noite desta terça-feira (11) em Macaíba, na região metropolitana de Natal. Uma criança, o filho da vítima, também estava em casa na hora do crime.

A vítima foi identificada como o mototaxista e eletricista Expedito Barbosa de Lima, de 50 anos.

Segundo a Polícia Militar, pelo menos cinco homens encapuzados e vestindo roupas camufladas invadiram a casa na Rua Oito de Dezembro,  no bairro Morada da Fé e atiraram várias vezes contra o homem. A maioria dos tiros atingiram a cabeça.

Outros cinco criminosos teriam ficado do lado de fora da residência,  dando “cobertura” aos outros.

A esposa de Expedito viu o marido ser assassinado na sua frente. Além dela, uma criança,  filho do casal, estava no imóvel na hora do crime. Ambos foram poupados pelos criminosos.

Segundo a PM, o portão da casa estava aberto, quando os criminosos entraram e se dirigiram diretamente para o casal. Eles ainda teriam humilhado a vítima e batido nas costas da esposa do mototaxista.

Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) começaram as investigações para apontar um linha de apuração para o fato. A perícia técnica também foi acionada e o corpo da vítima foi levado para o Instituto Técnico Científico de Polícia,  em Natal.

Homem baleado no rosto é deixado na frente da sede do Samu em Natal e morre durante atendimento

Caso aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (7) na Zona Oeste da capital potiguar. Vítima ainda não foi identificada.
Equipe do Samu Natal tentou socorrer homem abandonado na frente da sede do serviço, mas ele não resistiu (Foto: Reprodução/InterTV Cabugi)

G1 RN

Ocupantes de um carro branco abandonaram um homem baleado no rosto em frente à sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Natal no início da tarde desta quinta-feira (7). Ele foi socorrido por uma ambulância que chegava à unidade na hora, mas não resistiu e morreu.

O caso aconteceu na Avenida Nascimento de Castro, no bairro Dix-Sept Rosado, na Zona Oeste da capital. A equipe do Samu informou que o homem tinha marcas de tiros no rosto e não precisou se ele também foi atingido em outras partes do corpo.

O homem ainda não foi identificado e ninguém soube informar quem seriam as pessoas que deixaram a vítima no local. A Polícia Militar foi acionada e deslocou equipes para o local, para escoltar a ambulância do Samu, que irá levar o corpo ao Instituto Técnico-Científico de Perícia.

De acordo com servidores do Samu ouvidos pela reportagem da Inter TV Cabugi, uma mulher ligou para o local e afirmou que o homem é um sargento policial militar. Ao G1, a assessoria de comunicação da corporação afirmou que o caso ainda é apurado e não há confirmação da morte de um militar.

Aula Magna abre curso de formação de novos praças da Polícia Militar do RN

O curso de formação para os mil aprovados em concurso público de praças da corporação. A aula ocorreu no Centro de Convenções e teve a presença da Governadora Fátima Bezerra.
Aula Magna para formação de novos praças da PM (Foto: Elisa Elsie)

Tribuna do Norte

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte realizou, na manhã desta quinta-feira (2), a aula magna inaugural do curso de formação para os mil aprovados em concurso público de praças da corporação. A aula ocorreu no Centro de Convenções e teve a presença da Governadora Fátima Bezerra.

No ano passado, o concurso foi realizado para 1.000 vagas sendo 68 para mulheres. Antes disso, o ultimo concurso havia sido feito em 2005, o que fez com que a tropa não tivesse sido renovada ao longo desses 15 anos. Segundo a PM, a média dos policiais ativos é de 40 anos, a maior do Brasil.

De acordo com o porta-voz da Polícia Militar potiguar, coronel Eduardo Franco, o curso de formação terá duração de 10 meses e a expectativa é que todos sejam incorporados à PM logo após a conclusão do curso.

Proporção

O Rio Grande do Norte tem um policial militar para cada 471 habitantes.O cálculo feito pela reportagem, leva em consideração a população estimada em 2019 pelo IBGE, divulgado em seu site oficial. Segundo balanço da Secretaria de Administração (Sead) até novembro, são 7.436 policiais militares. De acordo com o IBGE, o RN tem uma população de 3.506.853 pessoas.

Com relação aos outros estados que enviaram dados relativos ao efetivo de PM, o Piauí, no Nordeste, é o que tem maior proporção entre os agentes e população, tendo 1 para 534 habitantes. O Pernambuco vem logo em segunda com 1 para 505. Na sequência aparecem Paraíba (1/486); Alagoas (1/480); Ceará (1/473).

Caminhão com placas de Caicó transportando cigarro contrabandeado tomba próximo a Ipueira e PF é acionada

veículo estava transportando cigarro contrabandeado. A carga era protegida com palha de arroz
Foto: Divulgação/Redes Sociais

Um caminhão com placas de Caicó tombou na estrada entre os municípios de Ipueira-RN e São Mamede-PB, sinistro ocorreu na manhã de hoje, 19.

Um fato curioso é que o veículo estava transportando cigarro contrabandeado. A carga era protegida com palha de arroz, segundo testemunhas.

O motorista do caminhão fugiu assim que a Polícia Militar chegou no local. A Polícia Federal foi acionada e chegou no local já na tarde desta quinta feira.

Ainda não se sabe a quem pertence a carga e nem o veículo, que tem placas OJX-3099 com inscrições no município de Caicó-RN

Zenaide Maia ataca projeto que libera empresas da cota para pessoas com deficiência

O projeto de lei diz que flexibiliza, mas na verdade ele acaba com as cotas, porque as empresas não vão ter obrigação de cumprir aquele número de cotas. São muitas pessoas com deficiência que dependem, que têm seu trabalho, que a gente inclui com dignidade.
Senadora Zenaide (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

Por Agência Senado

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) lembrou a Semana Internacional da Pessoa com Deficiência nesta quarta-feira (4), em Plenário, e criticou o projeto de lei  (PL-6.159/2019), encaminhada ao Congresso pelo Poder Executivo, que cria alternativas para liberar as empresas da obrigatoriedade de manter uma cota de pessoas com deficiência entre os seus empregados. Zenaide afirmou o projeto dificultará ainda mais a acessibilidade desses deficientes ao mercado de trabalho.

“O projeto de lei diz que flexibiliza, mas na verdade ele acaba [com as cotas], porque as empresas não vão ter obrigação de cumprir aquele número de cotas. São muitas pessoas com deficiência que dependem, que têm seu trabalho, que a gente inclui com dignidade. E eu insisto em dizer: um país onde o Estado, no caso, não inclui as suas pessoas com deficiência, quem é deficiente é o país, é a sociedade, porque a gente sabe que a maioria das barreiras são impostas pela sociedade”, disse a senadora.

A senadora também criticou a Medida Provisória (MP 871/2019), que resultou na Lei 13.846, de 2019, para combater as irregularidades em benefícios previdenciários, conhecida como “pente fino”. Para ela, em vez de dificultar o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), o governo deveria simplesmente manter auditorias constantes, para evitar fraudes no sistema.

“Por que botaram uma MP? Porque eles mudaram as regras de acesso. Não foi porque as pessoas com deficiência deste país, que precisam desse salário mínimo, sejam fraudadores da Previdência. A gente sabe que, em tudo, pode haver alguém que fraude, mas isso não é motivo para dificultar”,  disse Zenaide.

PM é baleado após noite de terror em Macaíba

Uma casa foi incendiada e um Policial Militar foi baleado durante o confronto.
Foto: Reprodução/TV Tropical

Na madrugada da última terça-feira (03), membros de uma facção criminosa aterrorizaram moradores da rua Elói de Souza, conhecida como Baixa, no centro de Macaíba. Uma casa foi incendiada e um Policial Militar foi baleado durante o confronto.

Era por volta das 3h30 da manhã quando os criminosos começaram a invadir algumas residências à procura de membros de uma facção rival. Durante a ação, os bandidos destruíram móveis, ameaçaram os moradores e atearam fogo na casa de um idoso.

Com a chegada dos homens do 11º Batalhão da Polícia Militar, os criminosos abriram fogo. Durante a troca de tiros, um PM foi atingido no braço e na perna com projéteis de uma espingarda calibre 12.

Ao amanhecer o dia, ainda era possível ver dezenas de cápsulas de espingarda calibre 12 e de pistolas 9 milímetros e 380 nas ruas da Baixa. O PM foi socorrido e não corre risco de morte.

Polícia encontra cabeça humana dentro de vala em Mossoró, RN

Parte do corpo pode ser de Paulo César Targino Júnior, de 20 anos, encontrado morto e sem a cabeça na terça-feira (27) passada na cidade.
Parte pode ser do jovem encontrado morto sem cabeça no conjunto nova vida na terça-feira (Foto: Hugo Andrade/Inter TV Costa Branca)

G1 RN

Uma cabeça humana foi encontrada na tarde desta sexta-feira (30) em uma vala num local conhecido como Malvinas, na Zona Leste de Mossoró – cidade que fica na Região Oeste do Rio Grande do Norte. A Polícia Militar foi acionada por moradores próximos ao local e comprovou a presença da cabeça.

A parte do corpo pode ser Paulo César Targino Júnior, de 20 anos, que foi encontrado morto, sem cabeça e com as mãos amarradas na manhã de terça-feira (27) na cidade. Segundo a Polícia Civil, ainda não é possível confirmar se a cabeça encontrada é dele.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) levou a cabeça para realizar análise. Só após o resultado da perícia, segundo a Polícia Civil, será possível concluir se a parte do corpo é do jovem encontrado morto na terça-feira (30).

O caso

O corpo de Paulo César Targino Júnior, de 20 anos, foi encontrado na manhã de terça-feira (27) sem a cabeça e com as mãos amarradas nas costas em meio a um matagal no bairro Dom Jaime Câmara, em Mossoró. O terreno fica no conjunto Nova Vida, no final da Rua Professor Anderson de Araújo.

Paulo César é um dos cinco jovens que fugiu do Centro Educacional (Ceduc) de Mossoró na tarde da segunda (26). De acordo com a Polícia Civil, Paulo César cumpria medida socioeducativa desde 2017, quando foi apreendido suspeito pela morte da própria namorada, uma garota de 14 anos, vítima de um disparo de arma de fogo na cidade de Patu.

Policia Civil de Macaíba prendeu dois indivíduos por roubos

Após diligências policiais sob o comando do Delegado Cidorgeton (Tony) na área rural de Macaíba no povoado Lamarão conseguiram prender em flagrante delito os dois indivíduos
Moto encontrada com os indivíduos (Foto:Divulgação/Redes Sociais)

Informações Polícia Civil

Na manhã deste quarta 31 julho 2019, investigadores policiais civis da delegacia de Macaíba, sob o comando do DPC CIDORGETON (TONY), efetuaram diligências policiais na área rural de Macaíba (povoado Lamarão) e conseguiram prender em flagrante delito as pessoas de JOÃO PAULO ABREU DE MEDEIROS e JOÃO PAULO SILVA FAUSTINO.

Esses dois elementos, portando armas de fogo e em tom ameaçador, tomaram de assalto a motocicleta de um cidadão (QUE TERÁ SEU NOME PRESERVADO) que circulava por estrada carroçável que liga os povoados de LAMARÃO e PÉ DO GALO, e seguia a caminho de seu local de trabalho.

Contando com o auxílio de informações privilegiadas, os policiais localizaram a área de mato onde os dois tinham escondido a motocicleta roubada e ato contínuo a casa onde eles mesmos estavam intocados. A moto do cidadão foi recuperada e os dois elementos serão flagranteados pelo DPC TONY e em seguida entregues a justiça que, em audiência de custódia, decidirá se eles permanecerão ou não encarcerados.

Governo do Estado e Polícia Federal firmam acordo para cooperação no combate ao crime organizado no RN

Termo de cooperação técnica foi assinado nesta quinta-feira (18) pelo Poder Executivo e a Superintendência da PF.
Acordo entre Governo do RN e PF para enfrentamento ao crime organizado foi assinado nesta quinta-feira 18 (Foto: Elisa Elsie)

G1 RN

O Governo do Estado e a Polícia Federal firmaram um acordo para cooperação no enfrentamento às organizações criminosas no Rio Grande do Norte. O termo de cooperação técnica foi assinado nesta quinta-feira (18) pelo Poder Executivo e a Superintendência da PF.

De acordo com nota enviada pelo governo, a força tarefa agirá no combate a diversos crimes no estado potiguar, desde o tráfico de drogas nacional e internacional até a lavagem de dinheiro, com uma ação conjunta envolvendo as polícias Militar e Civil sob a coordenação da Polícia Federal.

O modelo dessa cooperação técnica, ainda segundo o Executivo, é pioneiro no Brasil. A parceria tem vigência oficial de cinco anos, contados a partir da publicação no Diário Oficial da União. “Este acordo representa um avanço no combate ao crime organizado e na busca pela diminuição dos índices de criminalidade no Rio Grande do Norte”, declarou a governadora Fátima Bezerra.

A chefe do Executivo estadual assinou o documento em conjunto com o vice-governador Antenor Roberto, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Araújo, a superintendente da PF no RN, delegada Tânia Fogaça, o comandante da PM-RN, coronel Alarico Azevedo, e a delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva.

“Essa parceria aponta que estamos trabalhando e trazendo resultados. Com essa parceria a Polícia Federal dá ainda mais credibilidade e mostra que acredita no sistema de segurança pública potiguar. Vamos prestar um grande serviço à população”, completou o secretário Francisco Araújo.

De acordo com o Governo do Estado, a parceria inclui treinamento e capacitação dos agentes de segurança e troca de informações entre as forças estaduais e federais.

“A Polícia Federal tem muito o que aprender com as forças de segurança do RN, mas também tem muito a ensinar. Vamos focar inicialmente na formação da força-tarefa de combate ao crime organizado e seguir trabalhando na parte de treinamentos, compartilhamento de bancos de dados e outros pontos como a questão de bombas e explosivos”, explicou a delegada Tânia Fogaça.

Para médio e longo prazo, o Executivo afirma que também está trabalhando na produção do Plano Estadual de Segurança Pública. A ação, que é conduzida pelo vice-governador Antenor Roberto, visa a tornar o Rio Grande do Norte o primeiro estado do país a apresentar um plano de segurança ao Ministério da Justiça e da Segurança Pública e, consequentemente, aderir ao Sistema Único de Segurança Pública (SUSP).