Deputado João Maia participa de reunião sobre liberação dos recursos do governo federal para saúde do Estado

Para João Maia “o Governo Federal está devendo ao Rio Grande do Norte”. Ele participou das reuniões da governadora com autoridades do Ministério da Saúde e ouviu o compromisso de fazer os repasses que não aconteceram.
Deputado Federal João Maia e Governadora Fátima Bezerra (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Blog do Marcos Dantas

O Deputado federal João Maia participou, nesta segunda-feira, dia 8 de julho, de uma reunião com a governadora Fátima Bezerra e parte da bancada federal, na governadoria. Em pauta, uma avaliação e diagnóstico da situação financeira da pasta da Saúde, que aguarda pelo repasse por parte do Governo Federal.

Para João Maia “o Governo Federal está devendo ao Rio Grande do Norte”. Ele participou das reuniões da governadora com autoridades do Ministério da Saúde e ouviu o compromisso de fazer os repasses que não aconteceram. O Governo do Estado cobra a contrapartida federal aos serviços já prestados na saúde pública em 2019.

A reunião também contou com a participação da senadora Zenaide Maia, do deputado federal Benes Leocádio, dos deputados estaduais Bernardo Amorim(da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa), George Soares, Líder do Governo na AL  e Isolda Dantas.

Quatro suspeitos morrem após tiroteio com policiais civis na Grande Natal

Operação da Deicor aconteceu entre na madrugada e a manhã desta quarta-feira (10) em Macaíba. Outro caso aconteceu em São Gonçalo do Amarante e deixou 5 mortos.
Policia Civil apreendeu armas, drogas, câmeras, dinheiro e máscaras em operação que deixou quatro mortos em Macaíba, na Grande Natal (Foto: Policia Civil/Divulgação)

G1 RN

Quatro suspeitos de integrarem uma facção criminosa morreram após um tiroteio com policiais civis da Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) em uma operação iniciada na madrugada desta quarta-feira (10) em Macaíba, na região metropolitana da capital. Com esse caso, chegou a nove o número de suspeitos mortos em confrontos com policiais durante a manhã, somente na Grande Natal. O outro caso aconteceu em São Gonçalo do Amarante.

De acordo com a Polícia Civil, as equipes foram à comunidade da Raiz, em Macaíba para combater facções criminosas, que disputam o controle da região. Na semana passada, vídeos que circulavam nas redes sociais apontavam a “invasão” de uma facção, que expulsou outra. Desde então, o caso era investigado.

Os suspeitos foram identificados pela Polícia Civil como Denilson da Silva Costa, conhecido “Denilson matador”, que seria foragido do Presídio Estadual de Parnamirim e chefe do grupo criminoso; João Paulo Pereira de Oliveira, conhecido como “JP”, que estava com uma tornozeleira eletrônica; Rodrigo Richardson Alves da Silva, conhecido como “Pé de Pato”, que estava cumprindo pena no regime aberto, e o último, identificado como João Pedro da Silva Alves, conhecido como “Pedrinho”, irmão de Denilson.

Os quatro homens estavam em uma das casas onde houve incursão policial. Segundo a Polícia Civil, os policiais foram recebidos a tiros e revidaram, baleando os suspeitos. Os quatro homens ainda chegaram a ser socorridos, mas não resistiram. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Técnico-Científico no Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim.

No local do confronto, foram apreendidas cinco armas, sendo três revólveres calibre 38, uma espingarda calibre 44 e uma arma de fogo caseira. Uma das armas tinha sido roubada do segurança de uma agência bancária em Natal.

Ainda segundo a polícia, a comunidade era toda vigiada pelos bandidos, que instalaram câmeras nos postes para amedrontar os moradores. Imagens eram usadas para monitoramento e não ficavam gravadas. Esses equipamentos também foram apreendidos.

Conforme a polícia, as duas facções brigam por espaço no tráfico de drogas na região.

São Gonçalo

Na outra operação, da Polícia Militar e da Polícia Civil, cinco suspeitos morreram em confronto que aconteceu na zona rural de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. Duas mulheres e um homem, que foi baleado na perna, também foram presos. Segundo a PM, este homem também é suspeito de ter participado de um ataque a um policial militar.

De acordo com o tenente-coronel Eduardo Franco, da Polícia Militar, o tiroteio aconteceu logo que os policiais chegaram ao local onde os suspeitos estavam. “As equipes foram deliberadamente atacadas e reagiram”, declarou. Ainda de acordo com ele, a polícia apurava suspeitas de que uma quadrilha estaria preparando ataques a transportes públicos na região metropolitana. Entre os produtos apreendidos, estavam cinco garrafas com combustível.

Além de gasolina, os policiais apreenderam três armas de fogo, sendo uma de calibre 12 de fabricação caseira, uma pistola calibre 40 que pertence à PM e tinha sido roubada, e uma pistola 380. Também foram apreendidos um machado, drogas e celulares. Os suspeitos mortos ainda não foram identificados oficialmente.

A operação foi denominada como “Vidit Otium”, que significa Paz na Serra em Latim. O nome faz referência à comunidade Serrinha de Cima, em São Gonçalo do Amarante, onde a ação aconteceu.

Além da possibilidade de ataques, a polícia investigava vários assaltos na área rural de Macaíba e de São Gonçalo. Uma das vítimas foi um PM assaltado no início do mês.

Aplicativo fiscalizará entregas do Programa Leite Potiguar

Piloto do novo sistema de controle já foi iniciado na comunidade tradicional quilombola, Capoeiras, em Macaíba, onde 64 famílias passaram a receber o benefício por meio do novo cartão com QR Code.
Piloto do novo aplicativo já foi iniciado na comunidade quilombola Capoeiras (Foto: ASSECOM/RN)

Governo do RN/ASSECOM

O Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), iniciou os testes do aplicativo que será utilizado para fiscalizar e monitorar as entregas do Programa Leite Potiguar. O novo sistema de controle já foi iniciado, de forma piloto, na comunidade tradicional quilombola, Capoeiras, em Macaíba, onde 64 famílias passaram a receber o benefício por meio do novo cartão com QR Code.

“O sistema de controle, desenvolvido pela equipe de TI da Secretaria de Administração (SEAD), consiste em um aplicativo de celular que faz a leitura do cartão do beneficiário que possui um QR Code de identificação. Assim cada usuário antes de receber o leite, deve entregar seu cartão para que a leitura seja efetuada. Dessa forma teremos o controle de que o benefício está sendo entregue”, explica o coordenador do Programa, Sandro Trigueiro.

O sistema ainda está funcionando de forma experimental e após a fase de testes será expandido para todo os postos de distribuição do leite, visando ampliar a fiscalização e controle sobre a distribuição aos beneficiários. A empresa que entrega o leite também fará uso do sistema para comprovar que a quantidade contratada está sendo entregue nos postos.

Ouvidoria

Outra ferramenta lançada pela Sethas é o WhatsApp da ouvidoria do Programa que já está em funcionamento pelo número: (84) 98156-2008. Na ouvidoria é possível esclarecer dúvidas, fazer reclamações, denúncias e elogios.

Programa do Leite Potiguar faz parte da Política Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional e beneficia cerca de 84 mil famílias em todo o Estado. Cada família tem direito a cinco litros de leite por semana. São distribuídos por mês quase dois milhões de litros de leite. O Governo do RN investe R$ 47 milhões por ano, com recursos oriundos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop).

Incêndio atinge hotel na praia de Ponta Negra em Natal

Fumaça se espalhou pela praia e chamou a atenção dos banhistas que estavam na orla.
Fumaça que saiu de hotel em que aconteceu incêndio em Ponta Negra, na zona sul de Natal se espalha pela praia (Foto: Thiago Queiroga)

G1 RN

Um incêndio atingiu o anfiteatro de um hotel na beira da Ponta Negra, na Zona Sul de Natal. A fumaça se espalhou pela praia e chamou a atenção dos banhistas que estavam na orla. Não houve feridos.

O incidente aconteceu na tarde desta terça-feira (9). Os brigadistas do próprio D Beach Resort, que fica na Avenida Erivan França, conseguiram evitar que o fogo se espalhasse.

Os bombeiros foram acionados e, segundo o sargento Durval Lima, apagaram as chamas. A gerência comercial do hotel informou que ninguém se feriu no incêndio e que foram registrados somente danos materiais.

FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO O QUE FAÇO?

Imagem mostra uma viatura de fiscalização de trânsito de Macaíba estacionada em local proibido

Estacionar em local proibido, mesmo que seja só por um minutinho pode resultar em multa e alguns pontos na carteira. Segundo o Detran, estacionar na faixa amarela é proibido.

Conforme regulamenta o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em seu artigo 29, viaturas de fiscalização de trânsito podem parar ou estacionar em local proibido desde que estejam em operação e com o giroflex ligado.

Imagem produzida às 13h15 da tarde desta segunda-feira, 13, mostra uma viatura de fiscalização de trânsito do município estacionada em local proibido. Percebe-se que ela estava com o giroflex ligado, mas não se sabe se estava envolvida em alguma operação.

Queremos saber qual operação ela estava envolvida no momento em que foi registrada estacionada em local proibido? Com a palavra a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) de Macaíba!

Fonte: Macaíba Assombrada