Vereador Emídio Jr. sofre tentativa de assalto na RN 160

O caso ocorreu na reta que liga Tabatinga ao distrito de Cana Brava, onde, minutos antes, os bandidos fizeram arrastões em algumas residências.
Veiculo do Vereador Emídio Jr(Foto: cedida)

Senadinho Macaíba

Na noite dessa terça-feira (12), por volta das 21h40, quando estava voltando para a sua residência em Traíras, o vereador Emídio Jr. e pré-candidato a prefeito de Macaíba, se deparou pelo menos com quatro bandidos, que atravessaram um carro no meio da estrada e colocaram galhos de árvores nas laterais, fechando completamente a rodovia. O caso ocorreu na reta que liga Tabatinga ao distrito de Cana Brava, onde, minutos antes, os bandidos fizeram arrastões em algumas residências. Ao Senadinho, Emídio Jr. contou mais detalhes do ocorrido.

“Quando eu avistei o carro e os galhos no meio da pista, imediatamente percebi que era um assalto. A única reação que tive foi parar o carro bruscamente e dar macha ré. Foi nesse momento que saiu dois bandidos de dentro dos matos e começaram a tirar. Por sorte, eu consegui identificar que era um assalto de longe e, graças a Deus, nada de mal nos aconteceu. Agradeço a Deus por ter nos dado esse livramento. Primeiramente, por ter me dado o discernimento e a agilidade para fugir rapidamente. E depois por ter nos protegido dos tiros, pois a única bala que atingiu o nosso carro não perfurou a lataria. Seria exatamente na direção do banco do carona onde meu pai estava”, relatou.

Homem baleado no rosto é deixado na frente da sede do Samu em Natal e morre durante atendimento

Caso aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (7) na Zona Oeste da capital potiguar. Vítima ainda não foi identificada.
Equipe do Samu Natal tentou socorrer homem abandonado na frente da sede do serviço, mas ele não resistiu (Foto: Reprodução/InterTV Cabugi)

G1 RN

Ocupantes de um carro branco abandonaram um homem baleado no rosto em frente à sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Natal no início da tarde desta quinta-feira (7). Ele foi socorrido por uma ambulância que chegava à unidade na hora, mas não resistiu e morreu.

O caso aconteceu na Avenida Nascimento de Castro, no bairro Dix-Sept Rosado, na Zona Oeste da capital. A equipe do Samu informou que o homem tinha marcas de tiros no rosto e não precisou se ele também foi atingido em outras partes do corpo.

O homem ainda não foi identificado e ninguém soube informar quem seriam as pessoas que deixaram a vítima no local. A Polícia Militar foi acionada e deslocou equipes para o local, para escoltar a ambulância do Samu, que irá levar o corpo ao Instituto Técnico-Científico de Perícia.

De acordo com servidores do Samu ouvidos pela reportagem da Inter TV Cabugi, uma mulher ligou para o local e afirmou que o homem é um sargento policial militar. Ao G1, a assessoria de comunicação da corporação afirmou que o caso ainda é apurado e não há confirmação da morte de um militar.

Moro: é preciso evitar exageros contra quem não cumprir isolamento

Segundo ministro, prisão deve ser usada somente em último caso
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, participa de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, sobre as ações de enfrentamento ao covid-19 no país(Foto:Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)

Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse hoje (13) que é preciso tomar cuidado com exageros cometidos por autoridades para punir as pessoas que descumprirem medidas de isolamento social para combater o novo coronavírus (covid-19). Segundo Moro, a prisão deve ser usada somente em último caso.

Durante entrevista ao portal jurídico Jota e transmitida ao vivo, Moro disse que as autoridades sanitárias e policiais devem optar pelo diálogo e orientar as pessoas a cumprirem as medidas.

“As pessoas têm que seguir as orientações que forem necessárias para debelar essa pandemia e nós temos que tomar cuidado com exageros, com atos que possam representar alguma espécie de abuso”, disse.

Moro também afirmou que o ministério não usa mecanismos de geolocalização para monitorar pessoas que foram colocadas em isolamento por apresentarem sintomas da doença. O monitoramento de celulares é utilizado por alguns estados para verificar se a população está cumprido as medidas de isolamento social.

“É algo que nós temos que nos preocupar e evitar que o combate à epidemia possa gerar abalos em outras áreas  com consequências imprevisíveis, mas isso [monitoramento] não tem sido feito pelo governo federal”, garantiu.

No mês passado, os ministérios da Saúde e da Justiça publicaram uma portaria disciplinando providências compulsórias e a responsabilização das pessoas que não cumprirem essas medidas determinadas pelo Poder Público para prevenir e conter o avanço do covid-19.

Polícia Civil cria plantão para ocorrências relacionadas ao Coronavírus

Serviço na capital e no interior vai atender casos de descumprimento das leis e decretos que estabeleceram as medidas restritivas.
Imagem: Reprodução/Internet

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte instalou um serviço de plantão para lavratura de procedimentos em casos de descumprimento das leis e decretos que estabeleceram as medidas restritivas a serem observadas durante o período da quarentena. O plano está sendo executado pela Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN) e Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCIN), e a previsão inicial de duração é até o dia 4 de maio, podendo a data ser posteriormente revista.

No interior, o serviço de plantão funcionará das 8h às 0h, de segunda a sexta-feira, e das 6h às 0h, aos finais de semana e feriados, Os atendimentos serão prestados na 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Mossoró, na 3ª DRPC de Caicó e na Delegacia Municipal de Currais Novos. Já na capital, o funcionamento será no Complexo de Delegacias Especializadas da Polícia Civil, durante todo o dia.

O plano operacional ainda contempla uma equipe para atender ocorrências relacionadas a: infração de medida sanitária preventiva; roubo a instituições financeiras; roubo de carga: saques a estabelecimentos comerciais; aumento abusivo de preços (combustível, alimentos, medicamentos e etc.); ações de organizações criminosas e furto de caixa eletrônico.

As ocorrências que não tenham relação com o descumprimento de medidas relacionadas ao enfrentamento da COVID-19 continuarão sendo atendidas nas delegacias distritais e especializadas correspondentes, bem como na Central de Flagrante e Delegacias de Plantão da Zona Sul e Zona Norte de Natal.

Polícia Civil autua 23 suspeitos que participavam de festa durante a quarentena na Grande Natal

Os suspeitos responderão pelo crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.
Imagem: Reprodução/Internet

Tribuna do Norte

Policiais civis da Delegacia de Plantão da Zona Sul autuaram em flagrante 23 indivíduos, entre homens e mulheres, que participavam de uma festa em uma granja em Parnamirim, supostamente em festejo de uma facção criminosa, na noite deste sábado (28). Os suspeitos foram presos pela equipe do 3º Batalhão de Polícia Militar, durante a verificação da ocorrência.

Os suspeitos responderão pelo crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. A autuação vem ao encontro do Decreto nº 29556, do governo do estado do RN, de 24 de março de 2020, que proíbe em seu artigo 1º, atividades coletivas de qualquer natureza, com público superior a 20 pessoas.

Além disso, um dos homens que estava na festa também foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de armas. No local da festa,os policiais militares apreenderam uma arma, dinheiro e drogas. Todos os 23 suspeitos responderão a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por desobedeceram a quarentena que visa evitar a propagação do coronavírus (COVID-19).

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Bolsonaro autoriza envio das Forças Armadas para o Ceará

Estado enfrenta paralisação de policiais militares
O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/UOL)

Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (20) um decreto que autoriza o emprego das Forças Armadas no Ceará, a pedido do governador Camilo Santana. O estado vive uma crise na área de segurança pública, agravada pela paralisação de parte dos policiais militares, que estão amotinados em quarteis e batalhões. Por lei, policiais militares não podem fazer greve. O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União e vale pelo período de 20 a 28 de fevereiro.

“Acabei de assinar a GLO para Fortaleza [na verdade, para todo o Ceará], o governador preencheu os requisitos”, disse Bolsonaro na porta do Palácio do Alvorada, residência oficial. O presidente aproveitou para pedir que o Congresso aprove o projeto de lei que flexibiliza o conceito de excludente de ilicitude para agentes de segurança durante operações desse tipo.

“Deixo bem claro uma coisa, a gente precisa do Parlamento para que seja aprovado o excludente de ilicitude. A minha consciência fica pesada nesse momento, que tem muitos jovens de 20, 21 anos de idade, que vão estar na missão. Vão cumprir uma missão que se aproxima de uma guerra, e depois, caso venha qualquer problema, podem ser julgados por lei de paz. Temos que dar garantia jurídica, retaguarda jurídica para esses militares das Forças Armadas que estão nessa missão. É irresponsabilidade nós continuarmos fazendo essa operação sem dar a devida garantia para esses integrantes das Forças Armadas”, acrescentou Bolsonaro.

Ontem (19), o senador licenciado Cid Gomes, do Ceará, foi atingido por dois disparos de arma de fogo ao tentar furar um bloqueio feito por policiais grevistas no 3º Batalhão da Polícia Militar de Sobral, cidade a 275 quilômetros de Fortaleza. Depois de realizar uma cirurgia de emergência na cidade, o senador foi transferido para a capital e está fora de perigo.

Em postagem nas redes sociais, o governador Camilo Santana agradeceu a autorização dada pelo presidente da República. “Acabo de receber telefonema do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, informando que o presidente acaba de atender a nossa solicitação autorizando o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no estado do Ceará. Já havia sido autorizada também a presença da Força Nacional, aqui no estado, para atuar em conjunto com nossas forças de segurança. Todo o esforço será feito para garantir a proteção dos nossos irmãos e irmãs cearenses. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro pelo apoio do Governo Federal neste momento”, publicou Santana.

Segundo o decreto de GLO, caberá ao ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, definir o comando responsável pela operação e alocação dos militares no estado.

Força Nacional 

Além das Forças Armadas, um grupo de agentes da Força Nacional de Segurança Pública embarcou para Fortaleza nesta quinta-feira. O envio da Força Nacional ao Ceará foi determinado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, após solicitação do governador Camilo Santana em meio à crise de segurança no estado.

Inicialmente, eles ficarão no estado por 30 dias. A portaria, autorizando a medida, está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (20). Em 2019, o governo federal já

Polícia Civil prende suspeito de homicídio em Macaíba

Na manhã desta terça-feira (18), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Marcel Bruno Guedes Pereira, mais conhecido como “Bruno Espiga”
Imagem: Reprodução/Internet

Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deram cumprimento, na manhã desta terça-feira (18), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Marcel Bruno Guedes Pereira, mais conhecido como “Bruno Espiga”, 31 anos, pela suspeita da prática do crime de homicídio qualificado. Ele foi preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Parnamirim.

O crime, que vitimou Diego Renato Linhares da Silva, mais conhecido como “Pombão”, 29 anos, foi cometido na manhã do dia 6 de janeiro de 2019, em via pública, na praça Chico do Sebo, no bairro do Centro, no município de Macaíba. Ainda na investigação, as imagens de vídeo colhidas permitiram a identificação do veículo e constatou-se que o mesmo pertence ao suspeito Marcel Bruno. O mandado de prisão foi expedido pela Comarca de Macaíba.

Ele permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou por meio do telefone da DM de Macaíba: (84) 98114 – 4042.

Sead publica retificação da relação dos candidatos do Curso de Formação

A publicação está em consonância com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado na última sexta (24).
Aula Magna para formação de novos praças da PM, no ultimo dia 2 (Foto: Elisa Elsie)

A Secretaria de Estado da Administração (Sead) publicou, nesta quarta-feira (29), a retificação da relação dos candidatos matriculados no Curso de Formação, referente ao Concurso Público para provimento de vagas do quadro de praças da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. A publicação está em consonância com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado na última sexta (24) entre o Governo do Estado e o Ministério Público do Rio Grande do Norte, que estabeleceu a ampliação de vagas com aproveitamento de todos os candidatos aprovados nas seis primeiras etapas do certame para o curso de formação.

A retificação já pode ser acessada no site da Sead e no portal da banca realizadora do processo seletivo, o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade): //www.ibade.org.br. O Diário Oficial do Estado (DOE/RN) também publicará as listas na edição desta quinta-feira (30).

A publicação traz a relação dos candidatos por meio de listas separadas, entre homens e mulheres, e entre os candidatos classificados para a primeira turma do curso de formação – já em andamento desde o dia 2 de janeiro de 2020, e aqueles que comporão a segunda turma do curso – a iniciar em 4 de janeiro de 2021.

Com isso, o Governo do Rio Grande do Norte visa aproveitar todos os 1.339 aprovados nas etapas anteriores ao curso de formação, aumentando, assim, o número de policiais militares nas ruas e diminuindo o déficit atual da categoria.

Governo fará nova turma de formação da PM em 2021

Termo firmado entre Governo e MP acertou convocação de nova turma em janeiro.
Foto: Demis Roussos/ASSECOM RN

O Governo do Estado e o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN) assinaram um termo de ajustamento de conduta (TAC) para a convocação de uma nova turma de formação de praças da Polícia Militar do RN (PM-RN), ampliando a quantidade de mulheres incluídas no processo. O documento prevê que o processo seja iniciado em janeiro de 2021.

O acordo legal foi assinado na sexta-feira (24) pela governadora Fátima Bezerra e a procuradoria-geral de Justiça adjunta Elaine Cardoso. O TAC atende uma demanda apresentada pelas mulheres desde a abertura do concurso de 2018,pois o edital, seguindo uma legislação da década de 1990, reservou para o público feminino apenas 62 das mil vagas. A nova turma de formação, segundo o termo, incluirá todos os aprovados nas seis etapas da seleção que não entraram na primeira chamada.

“Esse é o desfecho mais adequado que encontramos para a situação. Estamos há um ano trabalhando na correção deste edital para garantir mais segurança ao processo, não é uma situação simples. Através do diálogo chegamos a este TAC e podemos valorizar o esforço das mulheres que tiveram ótimas notas no concurso. É um momento histórico no RN. O Governo agradece ao Ministério Público pela parceria e sensibilidade com a questão”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

A quantidade de candidatos aprovados que serão chamados para a turma de 2021 ainda será definida, pois depende diretamente do prosseguimento da atual formação. Ao fim do processo seletivo foram aprovados 1339 pessoas,sendo 1070 homens e 268 mulheres.

O curso de formação dos alunos-soldados foi iniciado na primeira semana de janeiro, com a aulo magna inaugural realizada com a presença da governadora Fátima Bezerra. O início das aulas foi viabilizado após esforço do Governo do Estado, em cooperação com as secretarias de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e da Administração (Sead) e o comando da PM-RN, para garantir os recursos necessários e vencer a burocracia que travava o processo de licitação.

Desde 2005 que o Estado não realizava um processo de formação para o quadro de praças da PM-RN. Os novos soldados homens e mulheres vão ajudar a diminuir o déficit de pessoal. Atualmente, a Polícia Militar conta com pouco mais de 7,3 mil agentes ativos.

O curso terá 240 dias letivos, com previsão de encerramento em meados de setembro. As aulas de instrução estão sendo realizadas no Centro de Formação de Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) da PM-RN e no Centro de Atenção Integrada à Criança (Caic).

Avanço: Prefeito Taveira entrega primeira turma da guarda municipal

O Prefeito Rosano Taveira, de Parnamirim apresentou nesta sexta-feira (10) à população da cidade a primeira turma da Guarda Municipal. Inicialmente são 50 agentes, entre homens e mulheres
Foto: Reprodução/ Parnamirim em Foco

Parnamirim em Foco

O Prefeito Rosano Taveira, através da Prefeitura de Parnamirim, apresentou nesta sexta-feira (10) à população da cidade a primeira turma da Guarda Municipal. Inicialmente são 50 agentes, entre homens e mulheres, que junto com a Central de Monitoramento, a nova iluminação em LED e as câmeras de vigilância reforçam ainda mais a segurança do município.

A tão esperada Guarda Municipal representa mais um grande passo dado pelo Prefeito Taveira no que concerne as melhorias na segurança pública de Parnamirim. Os índices de redução da violência na cidade já evidenciam os esforços da atual administração em desenvolver ações efetivas de combate à criminalidade.