Central de videomonitoramento de São Gonçalo será interligada ao Ciosp

Falta interligar a central de videomonitoramento de Macaíba.
Coronel Macedo visita Central de Videomonitoramento de São Gonçalo (Foto: Reprodução/Prefeitura SGA)

Do site da Prefeitura de São Gonçalo:

A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante e o Governo do Estado do RN estão dialogando constantemente sobre o fortalecimento da segurança pública na cidade. Na manhã desta terça-feira (23), o diretor do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), coronel Macedo, esteve visitando a Central de Videomonitoramento de São Gonçalo.

O objetivo da visita é fortalecer o sistema de comunicação da Guarda Municipal com o Ciosp. “Vamos integrar esse sistema de São Gonçalo com o nosso, e, com isso, facilitar ações da Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Polícia Militar na cidade”, observa coronel Macedo, ressaltando: “Com certeza a ação da PM na cidade será fortalecida”.

Ainda de acordo com o coronel o sistema de radiocomunicação do Estado já está ligado com o do município. “Já estamos trabalhando com a comunicação via rádio, que facilitará o contato entre guarda e nossa central, reduzindo o tempo de resposta nos chamados de ocorrências. E na próxima semana as imagens das câmeras de São Gonçalo serão interligadas com a Secretaria Estadual de Segurança Pública”. (…)

Professores da Prefeitura de Macaíba são assaltados no distrito de Cana Brava

De acordo com informações do blogue Diário de Macaíba, bandidos armados abordaram o ônibus dos professores e fizeram um arrastão. A polícia foi acionada, mas, por enquanto, ninguém foi preso.
Foto ilustrativa

De acordo com informações do blogue Diário de Macaíba, professores da rede municipal de ensino foram assaltados no distrito de Cana Brava, na tarde desta terça-feira (11), dentro do ônibus que transporta os professores.

Segundo o blogue, bandidos armados abordaram o ônibus, colocaram uma arma na cabeça do motorista, fizeram um professor refém, tudo isso enquanto realizavam um arrastão.

A polícia foi acionada e ônibus foi escoltado até a delegacia da cidade, onde os professores fizeram um boletim de ocorrência. No entanto, até o momento da publicação desta matéria, ninguém foi preso.

Artigo: Campo da Mangueira vive o pior momento de sua história

Somente este ano, cinco pessoas foram assassinadas no bairro. Duas delas, nas últimas 24h
Ruas do bairro Campo da Mangueira, um dos maiores bairros de Macaíba

Do Conecttv 

O bairro Campo da Mangueira, em Macaiba, vem sofrendo um dos piores momentos da sua história, em relação aos altos índices de crimes ocorridos.

Somente neste ano de 2017, o bairro já registrou mais de cinco crimes de homicídios. Dois deles ocorreram em menos de 24 horas. Um na noite de ontem (24) onde um segurança foi assassinado no momento que jogava baralho com amigos e o outro na manha deste sábado.

Até o momento, oficialmente, nenhum suspeito foi preso em relação aos crimes ocorridos no bairro.

A população reclama também dos constantes assaltos que ocorrem e do tráfico de drogas.

Os moradores do bairro cobram às autoridades competentes uma resposta imediata em relação aos crimes ocorridos na comunidade.

Batalhão da PM em Macaíba está funcionando, apenas, com uma viatura, diz Connecttv

O site Connecttv Macaíba acabou de informar que os policiais do 11º Batalhão da PM estão trabalhando, apenas, com uma viatura para atender toda a cidade.

“Segundo o que foi informado, algumas viaturas se encontram quebradas e alguns policiais tiveram que ficar dentro do batalhão, nesta segunda-feira (13)”, disse o site.

No mês passado, o ver. Emídio Jr. já havia relatado esse problema em pronunciamento na Câmara Municipal de Macaíba, conforme matéria publicada por este blogue no dia 21 do mês passado. Confira a matéria Aqui.

Além de atender o município de Macaíba, que é um dos maiores municípios do estado, o 11° Batalhão atende outros quatro municípios, a saber: Vera Cruz, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim e Extremoz.

Mapa do Feminicídio 2017 mostra que 16 mulheres já foram mortas no RN

Pelo menos quatro mulheres foram mortas por questões de gênero no RN em 2017

O Mapa do Feminicídio do Rio Grande do Norte, levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO), mostra que 16 mulheres já foram mortas violentamente no estado somente este ano. Do total, 4 delas teriam sido assassinadas por questão de gênero – o chamado feminicídio.

O mapeamentou apontou ainda que a maior parte das vítimas têm entre 18 e 30 anos, cuja maioria dos agressores são maridos, namorados e/ou ex-companheiros.

Outro dado preocupante se refere à forma como as mulheres foram assassinadas: 12 foram mortas por arma de fogo, uma por asfixia, outra por arma branca, uma por queimadura e outra por espancamento.

Mais informações no Portal G1 RN