Aula Magna abre curso de formação de novos praças da Polícia Militar do RN

O curso de formação para os mil aprovados em concurso público de praças da corporação. A aula ocorreu no Centro de Convenções e teve a presença da Governadora Fátima Bezerra.
Aula Magna para formação de novos praças da PM (Foto: Elisa Elsie)

Tribuna do Norte

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte realizou, na manhã desta quinta-feira (2), a aula magna inaugural do curso de formação para os mil aprovados em concurso público de praças da corporação. A aula ocorreu no Centro de Convenções e teve a presença da Governadora Fátima Bezerra.

No ano passado, o concurso foi realizado para 1.000 vagas sendo 68 para mulheres. Antes disso, o ultimo concurso havia sido feito em 2005, o que fez com que a tropa não tivesse sido renovada ao longo desses 15 anos. Segundo a PM, a média dos policiais ativos é de 40 anos, a maior do Brasil.

De acordo com o porta-voz da Polícia Militar potiguar, coronel Eduardo Franco, o curso de formação terá duração de 10 meses e a expectativa é que todos sejam incorporados à PM logo após a conclusão do curso.

Proporção

O Rio Grande do Norte tem um policial militar para cada 471 habitantes.O cálculo feito pela reportagem, leva em consideração a população estimada em 2019 pelo IBGE, divulgado em seu site oficial. Segundo balanço da Secretaria de Administração (Sead) até novembro, são 7.436 policiais militares. De acordo com o IBGE, o RN tem uma população de 3.506.853 pessoas.

Com relação aos outros estados que enviaram dados relativos ao efetivo de PM, o Piauí, no Nordeste, é o que tem maior proporção entre os agentes e população, tendo 1 para 534 habitantes. O Pernambuco vem logo em segunda com 1 para 505. Na sequência aparecem Paraíba (1/486); Alagoas (1/480); Ceará (1/473).

Polícia Civil deflagra 6ª Fase da Operação Espectros e prende duas pessoas

A operação, “Espectros”, faz alusão ao modo de vida adotado pelos suspeitos, que possuíam mandados de prisão em aberto e agiam como “fantasmas” na sociedade.
Imagem: Reprodução/Internet

Por Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.

Policiais civis da Delegacia  de Macaíba deram continuidade à 6ª Fase da Operação “Espectros”, nesta quinta-feira (26). Durante a ação, foram presos Ivoneide do Vale Lima, 41 anos, e Natan da Trindade Barbosa, 28 anos.

Ivoneide do Vale foi presa no bairro Planalto, na Capital Potiguar, em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória pela prática de tráfico de drogas. No ano de 2013, ela foi presa com 1kg cocaína, quando se dirigia de Natal para Santa Cruz.

Natan da Trindade foi preso na cidade de São Gonçalo do Amarante, em cumprimento a um mandado de prisão condenatória, por um crime de roubo praticado no ano de 2010, juntamente a outras duas pessoas.

O nome da operação, “Espectros”, faz alusão ao modo de vida adotado pelos suspeitos, que possuíam mandados de prisão em aberto e agiam como “fantasmas” na sociedade. O objetivo era não chamar a atenção da polícia, diante da existência das ordens de prisão em desfavor deles.

A operação continua e a Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Policiais penais do RN encerram greve; negociações com o governo continuam

‘A proposta não é o que esperávamos, mas o governo abriu margem para negociação’ afirmou presidente do Sindasp-RN
Foto: Reprodução/Agora RN

Agora RN

Os policiais penais do Rio Grande do Norte decidiram, na tarde desta quinta-feira, 12, encerrar o movimento iniciado na semana passada, bem como o acampamento em frente à Governadoria. Apesar disso, a categoria continua negociando com o governo do Estado.

Vilma Batista, presidente do Sindasp-RN, explica que a categoria se reuniu em Assembleia Geral, nesta quinta-feira, e, apesar de considerar que a proposta do governo não é o que está sendo pleiteado, deliberou por encerrar a Operação Segurança Acima de Tudo.

“A proposta não é o que esperávamos, mas o governo abriu margem para negociação dos demais itens da reforma estatutária. Então, os policiais penais entenderam que o momento é de avançar no diálogo, mas sem abrir mão da luta”, comenta.

De acordo com Vilma Batista, nos próximos dias, deverão ser realizadas novas reuniões entre o Sindasp-RN e o governo do Estado para construção de um entendimento de alguns pontos da reforma estatutária que precisam ser apreciados.

Apesar de decisão judicial, policiais penais do RN continuam com ‘operação padrão’

Serviços como transferências de presos e visitas a detentos estão suspensos.
Agentes Penitenciários do RN acompanham em frente à Governadoria em protesto desde 4 de dezembro. (Foto: Divulgação/Redes Sociais)

G1 RN

Apesar da decisão da Justiça que determinou o fim do movimento dos policiais penais do RN, a categoria deliberou nesta quarta (11) pela continuação da ‘operação padrão’ iniciada em 2 de dezembro. O desembargador Cornélio determinou multa diária de R$ 30 mil em caso de descumprimento da decisão judicial.

Os policiais penais cobram o envio à Assembleia Legislativa da reforma estatutária construída na Comissão de Negociação, elaborada pelo governo, como foi acordado em julho. Essa reforma propõe uma equivalência salarial com outras forças da segurança, conforme já foi feito com a Polícia Militar e Polícia Civil.

Na tarde de terça (10) o Governo do Estado apresentou uma proposta de reajuste salarial escalonado aos policiais penais, mas, de acordo com a direção do Sindicato dos Policiais Penais (Sindasp), a proposta não condiz com a realidade pleiteada pela categoria.

“A nossa carreira tem que ser reestruturada de acordo o nível superior de escolaridade já previsto em lei, por isso, pleiteamos uma reforma estatutária. Então, vários pontos não foram abordados ainda na negociação e a proposta apresentada nesta terça não contempla essa reforma estatutária. O movimento continua e vamos buscar nova interlocução junto ao governo”, diz Vilma Batista, presidente do Sindasp.

Operação padrão

Durante a operação padrão dos policiais penais estão suspensos, dentre outras coisas, serviços como a transferências de presos do Centro de Triagem – para onde são levadas as pessoas logo após as prisões – para as unidades prisionais e as visitas a detentos.

Mais um refém é liberado no sequestro em bar no Rio de Janeiro

Funcionários da EBC estão entre os reféns, no inicio da ocorrência, de acordo com a polícia, eram seis pessoas sequestradas.
bombeiros e a policia esta na lapa para apoiar ação do Bope (Foto: Reprodução/TV Globo)

Agência Brasil

Há pouco, mais um refém foi liberado no sequestro que começou por volta das 15 horas em um bar na Lapa, no Rio de Janeiro. Quatro pessoas permanecem como reféns no local.

No inicio da ocorrência, de acordo com a polícia, eram seis pessoas sequestradas. Segundo informações dos agentes de segurança, o sequestrador entrou em um bar na esquina das ruas do Rezende e dos Inválidos, armado com uma faca.

Em entrevista concedida em frente ao local do sequestro, o coronel Mauro Fliess, porta-voz da Polícia Militar, disse que a ação segue o protocolo de resgate de reféns e o objetivo é preservar vidas. “As tropas especiais já estão com todo o aparato exigido para dar continuidade a negociação com o objetivo principal de preservar vidas. As informações que temos no momento é que ele está de posse de um facão e há a possibilidade também dele está portando uma arma de fogo. As informações chegam de maneira desencontrada. A principal preocupação da PM neste momento é preservar vidas, tanto do tomador de refém quanto das pessoas que estão sob ameaça dele. A ação segue todo o protocolo para tomada de reféns.”

Entre os reféns, há funcionários da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em nota, a EBC informa que a direção e os gestores da Regional Rio de Janeiro da empresa estão monitorando a situação de perto e prestando todo o apoio necessário, inclusive jurídico, aos empregados e seus familiares.

Governo entrega veículos, armamentos e assina decretos que beneficiam a Polícia

Fátima Bezerra fez a entrega de seis novos veículos e armamentos e assinou três decretos que contribuem para a melhor estruturação.
Foto: Elisa Elsie/Assecom

Nesta sexta-feira, 25, quando a Polícia Civil do RN comemora 38 anos de criação, o Governo do Estado anunciou investimentos e benefícios para a instituição. Em ato solene na sede da Delegacia Geral de Polícia – Degepol, em Natal, a governadora Fátima Bezerra fez a entrega de seis novos veículos e armamentos. Além disso a governadora também assinou três decretos que contribuem para a melhor estruturação.

Os decretos integram à Polícia Civil o terreno de posse do Estado onde fica a sua sede, na Avenida Interventor Mário Câmara, n° 3.532 (antigo número 2.550), na Cidade da Esperança, em Natal. Com o decreto, a responsabilidade pelo terreno de 30.000 m² sai do Gabinete Civil para a Policia Civil. O segundo decreto passa para a posse da Polícia Civil o prédio onde está a Delegacia de Polícia Civil de Nísia Floresta, localizado na Rua Nossa Senhora do Ó, nº 117, Centro, Nísia Floresta/RN.

O terceiro decreto regulariza as plantas dos imóveis existentes nos terrenos. Na prática os decretos dão mais autonomia e segurança institucional para a Polícia Civil, que poderá prestar um serviço melhor à população. A Procuradoria-Geral do Estado fará os procedimentos relativos à titularização e registro do imóvel perante o Cartório de Registro de Imóveis competente.

CONCURSO PÚBLICO

“A Polícia Civil tem desempenhado papel muito importante. Tanto é que conseguimos reduzir a criminalidade e a violência em 30 por cento, superando a média nacional”, afirmou Fátima Bezerra. Ela, entretanto, considerou que “precisamos avançar muito mais, inclusive no que diz respeito à valorização profissional e salarial dos nossos agentes. Não tenham dúvida alguma que as negociações para melhorar as condições na Polícia Civil continuaram em curso. O diálogo é o caminho para que a gente posso chegar ao entendimento. Essa proposta de diminuição de salários não vale, a Constituição não permite e muito menos isso aconteceria no nosso governo”, afirmou Fátima Bezerra para anunciar que nos próximos dias será publicado o decreto nomeando a banca examinadora do concurso público para agentes, antiga reivindicação da categoria.

Na solenidade, a governadora foi homenageada com placa de reconhecimento por serviços prestados à Polícia Civil. Outras autoridades também foram contempladas como o vice-governador Antenor Roberto, os secretários de Estado.  Autoridades do Exército, polícias federal e rodoviária federal, ministério público, Tribunal de Justiça e jornalistas também receberam a homenagem.

Governo nomeia 56 novos agentes penitenciários e entrega equipamentos

Investimento é de R$ 3,8 milhões através de convênio firmado com o Departamento Penitenciário Nacional.
Foto: Elisa Elsie/ASSECOM RN

Novas medidas para a reestruturação do sistema penitenciário do Estado foram tomadas nesta sexta-feira, 18, pelo Governo do Estado. Em solenidade na Escola de Governo, em Natal, a governadora Fátima Bezerra assinou ato de nomeação de 56 novos agentes penitenciários concursados e fez a entrega de 900 pistolas, 70 fuzis, 72 espingardas, 200 cadeados e 950 algemas no valor de R$ 3,8 milhões.

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) também concluiu o processo para compra de 840 coletes balísticos nível II ao custo de R$ 484 mil, que estarão disponíveis em breve. Os armamentos foram adquiridos através de convênio firmado com o Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN).

Além disso, o Estado firmou contrato com o Senai para oferta de cursos profissionalizantes aos internos do sistema penitenciário. São cursos de pintor, eletricista, lanterneiro e mecânico de automóveis, padeiro e pintor de imóveis. Outro convênio foi firmado para utilização de não de obra dos internos.

Outras importantes medidas adotadas pela administração estadual são o monitoramento das unidades prisionais em todo o Estado e do uso das tornozeleiras, em tempo real e 24 horas, pelo Ciosp. “Acompanhamos as áreas externas e internas dos presídios, o que é da maior importância para a segurança do sistema e para a prevenção e redução da violência”, explica o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social – Sesed, coronel Francisco Araújo.

Fátima Bezerra registra que as medidas tomadas na atual gestão colocaram o RN entre os quatro Estados que mais reduziram a violência no país. “No passado recente tínhamos os piores índices na segurança pública. Mas decidimos enfrentar o problema, criamos a Seap para modernizar o sistema, investimos na valorização de pessoal e aquisição de equipamentos e já estamos tendo resultados positivos”.

O secretário da Seap, Pedro Florêncio, disse que “por orientação da governadora Fátima Bezerra estamos construindo um novo sistema penitenciário. Estabelecemos diálogo permanente com o sindicato da categoria, adquirindo equipamentos de última geração, contratando pessoal, melhorando as condições de trabalho, as rotinas e promovendo a integração total com os demais órgãos do sistema de segurança”.

Moto é recuperada pela policia militar logo após ser roubada

A PM em diligências, quando na área do canavial perceberam a presença de dois elementos próximos a uma moto que alarmava.
Foto: 11ºBPM RN/Rede Social

Assessoria de Comunicação e Estatisticas

Na noite desta sexta-feira(18) Policiais Militares do 11ºBPM, foram informados sobre um roubo de uma moto que acabara de acontecer nas proximidades do distrito de Lagoa Grande em Ceará Mirim/RN.

De imediato iniciaram as diligências e quando na área do canavial perceberam a presença de dois elementos próximos a uma moto que alarmava. Ao perceberem a chegada dos policiais, ambos os suspeitos empreenderam fuga adentrando o canavial não sendo alcançados.

Ao verificar a placa da moto foi constatado ser a mesma que havia sido roubada há poucos instantes,tratando-se de uma Honda CG 125, FAN KS, de cor roxa, de placa NNW 9049.

A referida moto foi conduzida para realização de procedimentos cabíveis.

Cinco homens são presos pela PRF com carro roubado e arma na Grande Natal

Veículo era um Ecosport que havia sido tomado de assalto na terça-feira (17) em São Paulo do Potengi.
Policia Rodoviária Federal prendeu cinco homens (Foto: Divulgação/PRF)

G1 RN

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde desta quarta-feira (18) cinco homens que estavam em um carro roubado na BR-101. A prisão aconteceu durante uma abordagem próxima a unidade operacional que funciona em São José de Mipibu, na Região Metropolitana de Natal.

Os cinco homens que estavam no carro têm idades entre 19 e 31 anos e, segundo a PRF, todos possuem passagem pela polícia. O veículo roubado era um Ecosport de cor vermelha que, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, havia sido tomado de assalto no município de São Paulo do Potengi na terça-feira (17).

Dentro do veículo foi encontrado ainda um revólver calibre 38 com seis munições intactas. Um dos homens presos tem passagem pela polícia por assalto a um carro-forte na Paraíba.

Os suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de São José de Mipibu.

Nova ferramenta de Segurança Pública é apresentada para o Ministério da Justiça

Sistema da Central de Atendimento e Despacho (CAD) foi desenvolvido por alunos e professores do Instituto Metrópole Digital.
Foto: ASSECOM/SESED

Governo do RN/ASSECOM

Em reunião na manhã da terça-feira (17), a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e o Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), apresentaram o sistema da Central de Atendimento e Despacho (CAD) ao diretor de Gestão e Integração de Informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça, Wellington Porcino.
Desenvolvido por alunos e professores do Instituto dentro do projeto Smart Metrópolis, o CAD é uma ferramenta de atendimento à população e auxílio às atividades realizadas pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP), da Sesed. Mais moderno do que o utilizado atualmente, o software permitirá uma integração com outras ferramentas, como os tablets utilizados em viaturas e câmeras de videomonitoramento.
De acordo com o professor do Instituto, Frederico Lopes, a integração entre os órgãos favorece a implementação de novos projetos. “Os técnicos abraçaram o projeto desenvolvido por nossos alunos, que produzem soluções que podem ser utilizadas na vida real, e agora estamos vendo o poder público perceber que as nossas ferramentas atendem as necessidades atuais. Portanto, é importante integrar os trabalhos para que os projetos possam sair do papel.”, afirmou.
Para o diretor do Ciosp, coronel Kleber Macedo, a usualidade da ferramenta dentro do sistema deixará o processo ainda mais eficaz. “O desenvolvimento dessa ferramenta nos dará autonomia operacional para que possamos avançar com novas integrações e projetos, uma vez que a ferramenta está sendo desenvolvida no Rio Grande do Norte e é algo que chamou atenção da Senasp”, disse.
Representante do Senasp, Wellington Porcino ressaltou a qualidade dos projetos desenvolvidos pelos alunos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. “As atividades aqui do Rio Grande do Norte me deixam bastante satisfeito devido à qualidade e rapidez dos projetos, e a capacidade que os órgãos do estado possuem em promover a integração”, explicou.
Também presente na apresentação, o vice-governador do Estado, Antenor Roberto, falou da construção do CAD como uma plataforma potiguar que poderá ser utilizada além do Rio Grande do Norte. “Apresentações de projetos como esse são sempre vitoriosos para o nosso Estado. O diretor do Senasp conheceu o CAD, um sistema genuinamente potiguar, construído por jovens e totalmente integrado com a nossa secretaria de segurança, sendo uma plataforma que dará uma nova qualidade no atendimento e registros policiais no estado e, quem sabe, a sua implementação faça com que o projeto vire um case para utilização em todo o Brasil”, completou Antenor.
Na apresentação deste projeto, estiveram presentes representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Itep, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), e membros do Instituto Metrópole Digital da UFRN.