Governo recebe Cônsul Geral da China para discutir investimentos no RN

Comitiva chinesa e Governo discutirão possíveis investimentos nas áreas de energia, mineral, agrícola, ferrovias e turismo.
Foto: Elisa Elsie/ASSECOM RN

Governo do RN/ASSECOM

Uma comitiva do governo da China chegou nesta terça-feira, 09, ao Rio Grande do Norte para tratar de possíveis investimentos nas áreas de energia, mineral, agrícola, ferrovias e turismo. A Cônsul Geral da China no Brasil, Yan Yuqing chefia a delegação composta por 30 integrantes. Ainda nesta terça-feira os chineses visitam as instalações da fazenda Famosa em Mossoró, maior produtora e exportadora de melão do país.

A governadora Fátima Bezerra destaca a importância da missão chinesa pelo potencial de investimentos que pode viabilizar no Rio Grande do Norte. Nesta quarta-feira, a delegação se reúne com a governadora e com secretários do Governo do RN que irão expor as opções de investimento. Também participam empresários norte-riograndenses.

“O nosso RN é um estado rico em recursos naturais, mas não temos estrutura para explorá-la. Os investimentos chineses poderão gerar trabalho, emprego e renda. O governo está atuando fortemente neste sentido visando gerar oportunidades e riqueza para o nosso povo”, afirmou Fátima Bezerra ao receber a cônsul no aeroporto em São Gonçalo do Amarante.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, explica que a China hoje detém tecnologia em várias áreas, inclusive de energia, e pode representar um diferencial para promover o crescimento econômico do RN.

Yan Yuging reconheceu as oportunidades para investimentos no RN e disse que pode viabilizar negócios com pelo menos dez empresas chinesas. “O Rio Grande do Norte é um estado com localização estratégica e muitas oportunidades para investimentos. Viemos aqui manter contatos com o Governo estadual e com empresários para construirmos relações e definir possíveis investimentos”, afirmou a Cônsul-Geral da China.

Estão em visita ao RN além da Cônsul Geral, Yan Yuqing, a Cônsul Comercial, Shao Weitong, Vice-cônsul He Yongwei, o Chefe do Escritório Comercial do CCPIT em São Paulo e Secretário Geral de ABEC, Zhang Xin, repórter da China Central Television (CCTV), Liao Junhau e o repórter da China Television (CTV), Sr. Cai Wei.

Secretaria de Turismo e Sindbuggy firmam acordo em prol do turismo do RN

Encontro serviu para alinhar situação sobre cursos de formação de novos condutores de buggy.
Foto: SETUR/RN

Governo do RN/ASSECOM

A reunião ocorrida na manhã desta terça-feira (02) entre a Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte e o SindiBuggy (Sindicato dos Bugueiros Profissionais do RN) definiu os próximos passos em torno dos cursos de formação de novos condutores de buggy no Estado.

Ficou acordado que a Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte autorizará e reconhecerá o Sistema “S” como instituição parceira para realização do curso de formação de bugueiros nos termos exigidos pelos artigos 3º e 4º da Lei nº 8.817/2006.

Outro acordo firmado, é que a Portaria que dispõe sobre o reconhecimento e autorização dos cursos presenciais ofertados pelo Sistema “S” só será publicada em 30 (trinta) dias com a participação do sindicato na elaboração de propostas em relação a grade curricular e a possibilidade destes profissionais integrarem as avaliações práticas que ocorrerão durante o “Módulo III – Legislação e Prática”.

É importante ressaltar que o aluno que concluir os módulos do Curso de Formação de Bugueiro, na modalidade Condutor, não necessariamente possuirá a permissão, tão pouco significa que ocorrerá a licitação de novas permissões uma vez que o estudo de demanda deverá ser precedido e posteriormente submetido ao CONETUR.

A reunião foi finalizada em um clima positivo e de união. “A Secretaria deu um parecer favorável as nossas reivindicações e se mostrou aberta ao diálogo com a categoria. Vamos agora buscar soluções em parceria”, relatou Igor Macedo, representante do sindicato.

A Secretaria afirmou que é sensível a todas as reivindicações apresentadas pelo Sindicato. “Nos comprometemos a viabilizar uma proposta voltada para a realização de cursos de requalificação para os profissionais credenciados/permissionários, bem como a viabilização de cursos básicos de idioma para melhor atender nossos turistas, através de instituições parceiras”, disse a secretária de Turismo, Aninha Costa.

Natal é um dos destinos mais procurados para as férias de julho

A Pesquisa de Sondagem Empresarial das Agências e Organização de Viagens está em sua primeira edição e será realizada semestralmente pelo Ministério do Turismo.
Foto:Giovanni Sérgio/SETUR

Governo do RN/ASSECOM

A capital do Rio Grande do Norte figura entre os três primeiros destinos mais procurados em viagens nacionais nos meses de junho e julho deste ano. A sondagem foi realizada pelo Ministério do Turismo com 2 mil agências de viagem em todo o país. Natal surge à frente de destinos como Gramado (RS) e Campos do Jordão (SP).

Para a Secretária de Turismo do Estado, Ana Maria da Costa, o forte trabalho de divulgação realizado pela Setur/Emprotur durante o primeiro semestre em eventos de turismo de diversos estados do Brasil indica que o trabalho realizado pelo Governo do Estado está rendendo frutos.

“Participamos, junto com o trade turístico do Estado, de convenções, workshops, feiras, rodadas de negócios, treinamentos e blitzes onde capacitamos mais de dois mil agentes de viagens sobre os atrativos turísticos do Rio Grande do Norte. O resultado pode ser observado por meio dessa pesquisa do Ministério, que muito nos alegra e nos dá mais convicção sobre a importância da participação do RN nos eventos do trade”, ressalta.

O potencial da capital potiguar para a atividade turística é imenso, assim como de todo o Estado. O turismo religioso, de aventura, histórico-cultural e ecológico são vertentes com muita capacidade de crescimento. Outra linha de ação do governo na revitalização dos nossos equipamentos turísticos, como é o caso da Fortaleza dos Reis Magos e do Centro Histórico de Natal, a conclusão do Museu da Rampa e agora o novo Pavilhão do Centro de Convenções também irão somar atraindo mais turistas e eventos.

“O trabalho empreendido pela equipe de segurança da atual gestão, que removeu o RN das manchetes policiais, a divulgação maciça e os investimentos em melhorias nos atrativos; além da redução do QAv para as companhias aéreas, abrem espaço para que Natal chegue ao topo dessa lista, conquistando a promoção de um turismo sustentável, que gere emprego e renda para a nossa população”, conclui a Secretária Ana Maria da Costa.

Governo do Estado busca recursos para a reabilitação do Sítio Histórico de Natal

A audiência teve como objetivo retomar convênios celebrados entre o Ministério do Turismo e Governo do Estado.
Foto: ASSECOM/RN

Governo do RN/ASSECOM

A reabilitação do Sítio Histórico de Natal e novos projetos de infraestrutura turística foram assuntos levados pela governadora Fátima Bezerra ao Ministério do Turismo, em audiência com o secretário nacional de Infraestrutura do Turismo, Robson Natier, nesta terça-feira (11),  e contou com a participação da secretária de Turismo Ana Maria da Costa.

A audiência teve como objetivo retomar convênios celebrados entre o Ministério do Turismo e Governo do Estado e buscar melhorias na infraestrutura turística do Rio Grande do Norte, com a proposta de desenvolvimento de projetos de engenharia para pavimentação de acessos. Entre eles a implantação do Parque da Fortaleza dos Reis Magos e a implantação e pavimentação do trecho rodoviário entre RN 064 que liga Punaú à BR 101.

As propostas apresentadas na audiência foram inseridas na plataforma federal de convênios – SICONV, em 31 de maio de 2019 e inclui também a conclusão da fase de execução da reforma e recuperação das instalações físicas do Centro de Convenções de Natal.

“O turismo é uma dos principais setores da economia do Rio Grande do Norte, especialmente no tocante à geração de empregos. Por isso a importância de tratamos sobre a situação de diversos convênios da secretaria de Turismo, entre eles, a reabilitação do Sítio Histórico de Natal”, enfatizou a Governadora.

Para a secretária de Turismo, Ana Maria da Costa a reunião foi positiva. “Apresentamos a necessidade de retomar alguns contratos que estão em andamento há muitos anos, como é o caso do Sítio Histórico de Natal. Hoje conseguimos avançar nesse processo e em breve teremos boas notícias”, disse.

Rio Grande do Norte firma candidatura para receber convenção nacional da CVC

Evento reúne mais de 1,7 mil agentes de viagens de todo o Brasil.
Governadora Fátima Bezerra, Prefeito de Natal Alvaro Dias, Secretária de Turismo do RN Ana Maria Costa e contou com participação do Secretario de Turismo de Natal Fernando Fernandes, Diretor da Fecomércio-RN George Costa e do Presidente da ABIH-RN José Odécio(Foto: Demis Roussos/ASSECOM)

Governo do RN/ASSECOM

O Rio Grande do Norte é um dos candidatos a receber a convenção da operadora de viagens CVC em fevereiro de 2020. A candidatura foi confirmada após reunião entre Governo do RN, Prefeitura do Natal, Fecomércio-RN e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN). A escolha do local será divulgada pela empresa no próximo dia 15.

A previsão é de que o evento da CVC reúna mais de 1700 agentes de viagens de todo o Brasil. O encontro também é disputado por estados como Ceará, Alagoas e São Paulo. De acordo com a governadora Fátima Bezerra, a parceria é importante não só para esta concorrência pelo encontro da operadora de viagens. “Este trabalho conjunto é vital para o desenvolvimento do turismo no nosso estado, diminuindo as dificuldades que enfrentamos do ponto de vista financeiro e divulgando ainda mais o Rio Grande do Norte como destino”, afirmou.

A candidatura do RN surge da parceria entre Governo, Prefeitura de Natal e as entidades privadas. A ideia é de que o evento ainda conte com parceiros como a Assembleia Legislativa, a Câmara Municipal de Natal, o Sebrae e a Confederação Nacional do Comércio (CNC). Dados do trade turístico apontam que Foz do Iguaçu, por exemplo, aumentou o seu fluxo de turistas em 40% após receber a convenção em 2017.

Para o prefeito de Natal, Álvaro Dias, o trabalho para incrementar o turismo de eventos no RN precisa ser cada vez mais desenvolvido, principalmente a partir da utilização do Centro de Convenções. “Para isso a parceria entre Governo e Prefeitura é essencial, vendendo o destino não só nesse ponto, mas também na cultura, investindo nos nossos museus”, pontuou Álvaro.

O planejamento é de que o evento da CVC seja concentrado no Centro de Convenções, envolvendo também o Museu da Rampa ­– obra que será finalizada pelo Governo do RN ainda este ano – e o encerramento na Arena das Dunas. “Já conversamos com a Arena para que ela também entre como parceira nossa nessa disputa por esse evento de porte nacional”, explicou a secretária de turismo do RN, Ana Maria Costa.

A reunião ainda contou com a participação do secretário de turismo de Natal, Fernando Fernandes; o diretor da Fecomércio-RN e coordenador da Câmara Empresarial do Turismo, George Costa; e o presidente ABIH-RN, e José Odécio.

Deputado João Maia: “Preços de passagens aéreas prejudicam turismo no RN”

Em sua primeira reunião deliberativa do ano, a Comissão de Defesa do Consumidor (CDC) aprovou requerimento do deputado João Maia para debater as diferenças de preços de passagens aéreas entre as diferentes regiões do Brasil
(Foto: Reprodução/Internet)

Por Anna Ruth Dantas, Política em foco

Em sua primeira reunião deliberativa do ano, a Comissão de Defesa do Consumidor (CDC) aprovou requerimento do deputado João Maia para debater as diferenças de preços de passagens aéreas entre as diferentes regiões do Brasil. “Algumas capitais do Nordeste, em especial Natal, sofrem com tarifas exorbitantes, que quase inviabilizam o turismo local, tanto que a Associação Brasileira de Agências de Viagens denuncia que o Rio Grande do Norte tem sido o destino mais caro do Brasil”, criticou o presidente da CDC.

Com isso, os ramos de hotelaria, alimentação, inclusive pequenos e médios empresários e trabalhadores informais que sobrevivem das atividades de atendimento aos turistas estão arcando com prejuízos crescentes. Maia disse ainda que a possível aquisição da Avianca pela Azul deve agravar ainda mais o problema, pois as opções de voos se reduzirão de quatro empresas para três. “Sabemos que a concorrência é um dos pontos que garantem preço baixo e qualidade para o consumidor. Por isso, menos alternativas para o passageiro é algo tão preocupante”, destacou.

          Na reunião de hoje, foram aprovados ainda diversos requerimentos de audiência para discutir os aumentos das tarifas de energia elétrica, a atuação das agências reguladoras e uso indiscriminado de agrotóxicos.