Morre, aos 77, o jornalista Paulo Henrique Amorim

Blogueiro por trás do Conversa Afiada e apresentador afastado do programa Domingo Espetacular por pressão política, PHA foi vítima de um infarto fulminante na madrugada desta quarta (10).
Paulo Henrique Amorim, uma perda inestimável para o jornalismo brasileiro

Do Jornal GGN

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu na manhã desta quarta-feira (10), aos 77 anos, em sua residência no Rio de Janeiro. Segundo informações da família, o mentor do blog Conversa Afiada sofreu um infarto fulminante. Ele deixa esposa e filha.

PHA estava na Record TV desde 2003. Recentemente, foi afastado do cargo de apresentador do Domingo Espetacular por pressão política do governo Bolsonaro. Ele acionou a Comissão de Direitos Humanos da ONU contra o cerceamento à liberdade de expressão.

O jornalista acumula passagens pela TV Manchete, TV Globo, TV Bandeirantes e TV Cultura. Na Record, também apresentou um telejornal e ajudou a criar o programa Tudo a Ver. A emissora informou, em nota, que mesmo afastado do Domingo Espetacular, ele continuaria disponível para outros projetos.

TRAJETÓRIA

PHA trabalhou também no jornal A Noite, a partir de 1961. Foi correspondente em Nova York da revista Realidade e também tem passagem pela Veja.

Em 1972, ganhou Prêmio Esso na categoria informação econômica pela reportagem “A renda dos brasileiros”, na Veja.

Entre 2000 a 2004, colaborou com o portal UOL, como âncora do programa UOL News, um dos pioneiros na produção de vídeo na internet.

Atualmente mantinha o blog e o canal no YouTube Conversa Afiada, em que abordava política e economia com viés analítico e com altas doses de sarcasmo.