Concurso Público: Emídio Jr. cobra à Prefeitura a definição de uma nova data para realização do certame

““Fica o apelo para que seja feito esse concurso o quanto antes. Pelo amor de Deus! Quantas e quantas pessoas, inclusive, gastaram, tiraram das goelas para fazer cursinho todo santo dia”, declarou o vereador.
Foto: Assessoria/Emídio Júnior

Na sessão ocorrida na noite desta terça-feira, o vereador Emídio Jr. cobrou providências efetivas a respeito da nova data em que será realizado o Concurso Público da Prefeitura de Macaíba. Segundo ele, o concurso está ficando desacreditado pelas pessoas.

“Infelizmente, nós não temos o edital publicado. Não temos a data que o concurso será realizado, que as provas serão feitas. (…) E digo mais: talvez, metade das pessoas que se inscreveram no primeiro, não irão se inscrever nesse segundo concurso”, declarou.

O parlamentar pediu urgência na realização do concurso e chamou a atenção para o gasto que as pessoas tiveram se preparando para fazer a prova. Segundo ele, essa indefinição de uma data deixa os candidatos frustrados.

“Fica o apelo para que seja feito esse concurso o quanto antes. Pelo amor de Deus! Quantas e quantas pessoas, inclusive, gastaram, tiraram das goelas para fazer cursinho todo santo dia. Seja pagando ou seja até gratuito, mas tem um custo: seja passagem, alimentação, apostila, etc. Isso vai deixando o concurseiro frustrado, quando não há uma data efetiva de prova e um edital palpável”, finalizou.

Maia anuncia rompimento com líder do governo na Câmara

O presidente da Câmara, que já não nutria simpatia pelo líder e não o recebia em seu gabinete, irritou-se com postagem do deputado em rede social de uma charge que insinua que o “diálogo” seria equivalente a um parlamentar com dinheiro.
Presidente Jair Bolsonaro e Presidente da Câmara Rodrigo Maia (Foto: Reprodução/Internet

Por Maria Carolina Marcello/Site Terra

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rompeu com o líder do governo na Casa, Vitor Hugo (PSL-GO), nesta terça-feira durante reunião do colégio de líderes da Câmara, confirmaram duas fontes, num momento em que a gestão de Jair Bolsonaro patina em organizar sua base para a votação de medidas importantes, como a reforma da Previdência.

O presidente da Câmara, que já não nutria simpatia pelo líder e não o recebia em seu gabinete, irritou-se com postagem do deputado em rede social de uma charge que insinua que o “diálogo” seria equivalente a um parlamentar com dinheiro.

Maia argumentou que se o líder do governo, que foi servidor da Casa, considera que o diálogo seja semelhante ao insinuado pela imagem divulgada, não haveria porque manter conversas com ele.

O presidente da Câmara, então, anunciou o rompimento de relações pessoais com o líder do governo.

Vitor Hugo ainda tentou argumentar, lembrou que Maia não o recebia, e que só conseguia contato com o presidente da Câmara por meio de ministros. Reclamou, mas não desmentiu a distribuição da imagem ou pediu desculpas.

O clima da reunião pesou, os demais líderes mantiveram um momento de silêncio após o anúncio do presidente.

Ainda segundo o relato de uma das fontes, que acompanhou a reunião, o governo foi o alvo preferencial dos ataques na reunião desta terça-feira da maioria dos presentes. Integrantes do centrão, da oposição e o próprio Maia não pouparam críticas ao Executivo.

Uma liderança que também participou da reunião afirmou que o clima, dentre os parlamentares, é de indignação com o governo por se pautar pelas redes sociais. A avaliação dessa liderança é que não há projeto e que a gestão tem sido desastrada com as idas e vindas do presidente nas decisões que toma.

Deputados acertaram ainda, na reunião, que tentarão votar duas medidas provisórias que tratam do setor aéreo nesta terça-feira. Na quarta, a expectativa é de votação da MP que modifica a estrutura dos ministérios. A oposição, no entanto, promete obstruir as votações.

As três propostas são de interesse do governo, mas é quase uníssono no Congresso o discurso de que os parlamentares se dedicarão à análise das matérias por responsabilidade com o país, e não por vontade do Palácio do Planalto.

O Parlamento vem, cada vez mais, desenhado um movimento de descolamento do governo. A palavra da vez, entre os parlamentares, é de protagonismo do Congresso, que agirá na ausência de uma atuação do governo.

Governo repassa recursos da Assistência Farmacêutica para municípios do RN

Valor de R$ 1,3 milhão foi repartido entre as 167 cidades potiguares.
Foto: Reprodução/Internet

Governo do RN/ASSECOM

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) já repassou aos 167 municípios do Rio Grande do Norte a contrapartida estadual do Componente Básico da Assistência Farmacêutica. O valor total destinado é de R$ 1.367.724,24 referentes aos dois primeiros meses do ano de 2019 e os recursos são integralmente do Orçamento Geral do Estado (OGE).

“Trata-se, portanto, de um compromisso de Governo e de campanha da Governadora Fátima Bezerra com o SUS, reestabelecendo o repasse de recursos entre as três esferas – União, Estados e municípios – devolvendo assim o pacto com a parte federativa e as parcerias com os municípios”, afirmou o secretário estadual de saúde, Cipriano Maia.

A utilização dos recursos por parte dos municípios é regulamentada por meio das portarias nº 1.555 de 30 de julho de 2013 e portaria 2.001 de 03 de agosto de 2017 do Ministério da Saúde. O valor repassado para cada município é calculado com base na população estimada, seguindo os critérios do Censo da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A ação é de suma importância para a manutenção dos serviços de saúde nos municípios, já que garante a aquisição de medicamentos e insumos, incluindo-se aqueles relacionados a agravos e programas de saúde, como os usuários insulinodependentes, no âmbito da Atenção Básica à Saúde.

Seleção começa a se apresentar na Granja Comary nesta quarta-feira

A seleção brasileira de futebol, começa a se apresentar no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na Granja Comary, em Teresópolis/RJ, a partir desta quarta-feira (22), para o início da preparação visando os jogos da Copa América Brasil 2019.
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Agência Brasil

A seleção brasileira de futebol, chefiada pelo treinador Tite, começa a se apresentar no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na Granja Comary, em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, a partir desta quarta-feira (22), para o início da preparação visando os jogos da Copa América Brasil 2019.

Além dos 23 jogadores convocados, formam ainda a delegação médicos, fisioterapeutas, roupeiros, massagistas, entre outros. De acordo com o planejamento da equipe técnica, na quinta-feira (23), às 16h, os jogadores iniciam a fase de treinamentos. O planejamento prevê, também, duas partidas amistosas contra o Catar e Honduras.

O Brasil enfrenta  a equipe do Catar no dia 5 de junho, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O jogo contra Honduras ocorrerá no dia 9 de junho, no Beira-Rio, em Porto Alegre. A viagem da seleção a Brasília está prevista para 4 de junho, às 21h30.

Como os jogadores convocados por Tite se apresentarão em datas diferentes durante a preparação, atletas jovens de vários clubes estarão na Granja Comary completando o grupo de jogadores para os treinos com bola. Eles permanecerão em Teresópolis de 23 a 29 de maio.

Foram chamados os goleiros Phelipe (Grêmio) e Yuri Sena (Vitória), os defensores Weverton (Cruzeiro), Morato (São Paulo), Nestor (São Paulo), Bruno Fuchs (Internacional) e Ramon (Internacional), os meias Alan (Palmeiras) e Gui Azevedo (Grêmio), além do atacante Martinelli (Ituano).

A estreia da seleção brasileira na Copa América será no dia 14 de junho, às 21h30, contra a Bolívia, no Morumbi, em São Paulo. Nessa fase de grupos, o Brasil enfrentará ainda a Venezuela e o Peru nos dias 18 e 22 de junho, respectivamente.

*Com informações da CBF

UFRN promove mostra de profissões para auxiliar estudantes em escolha do curso

A mostra de profissões da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vai começar nesta quarta-feira (22) e segue até a sexta-feira (24) no campus central da instituição, em Natal. O evento é gratuito, aberto a todo o público e não precisa de inscrição prévia.
Reitoria da UFRN — Foto: Igor Jácome/G1

Do G1

A mostra de profissões da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vai começar nesta quarta-feira (22) e segue até a sexta-feira (24) no campus central da instituição, em Natal. O evento é gratuito, aberto a todo o público e não precisa de inscrição prévia.

O objetivo da mostra é ajudar os jovens que querem ingressar no ensino superior a escolherem melhor a profissão e o curso que desejam, com a exposição do perfil de cada área de atuação. Alunos e professores de todos os cursos oferecidos pela UFRN vão ministrar palestras de 45 minutos.

Também serão explicadas as políticas de inclusão e permanência da universidade, como bolsas, residência universitária, entre outros programas de assistência estudantil.

Sem necessidade de inscrição prévia, para participar o aluno só precisa ir aos locais previstos na programação para assistir a palestra que deseja (clique AQUI para conferir a programação completa). É importante lembrar que os espaços terão acesso limitado devido a capacidade dos locais onde acontecerão as palestras.

As palestras acontecem das 8h até 20h45 e terão horários diferentes em cada dia do evento, para que as informações sobre os cursos sejam ofertadas em turnos distintos.

Hermano Morais defende educação pública no Brasil

“O impacto no RN pode atingir a ordem de R$ 109 milhões. Além dos problemas na educação, essa medida gera problema econômico ainda maior no Estado que já vive a maior crise econômica da história”, afirmou o parlamentar em pronunciamento na Assembleia.
Foto: João Gilberto/ALRN

Os protestos do último dia 15 pautaram a fala do deputado Hermano Morais (MDB) na sessão ordinária da Assembleia Legislativa. O bloqueio orçamentário de 30% nos recursos destinados às Instituições Federais de Ensino, determinado pelo Governo Federal, provocará, de acordo com o parlamentar, uma situação muito grave e que precisa ser revista.

“O impacto no RN pode atingir a ordem de R$ 109 milhões. Além dos problemas na educação, essa medida gera problema econômico ainda maior no Estado que já vive a maior crise econômica da história. É uma situação muito grave e precisa ser revista. Por isso estaremos hoje nas ruas de Natal junto com todos que defendem a educação pública no nosso país”, defendeu.

Hermano Morais destacou também a Moção de Repúdio ao corte orçamentário aprovada pelo plenário da Assembleia Legislativa por proposição do grupo de trabalho. “Nosso mandato está atento e atuando nesse sentido de forma suprapartidária. Essa luta pertence ao povo brasileiro. Sem educação não podemos almejar uma nação melhor”, afirmou.

Frente parlamentar
Ainda em pronunciamento, o deputado destacou a reativação da Frente Parlamentar Estadual em Defesa da Criança e do Adolescente, marcada para o dia 12 de junho, data marcante por se tratar do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

“Essa Frente Parlamentar é muito importante por ser um ambiente onde serão tratados e pensados todos os assuntos relacionados à criança e ao adolescente em nosso Estado”, explicou Hermano.

Sob forte comoção, professora de dança morta em acidente de trânsito em Natal é sepultada

Carro em que estava Gislâne Cruz colidiu com veículo que seguia na contramão na Zona Sul da capital. Motorista que provocou acidente foi preso com suspeita de embriaguez.
A professora de dança Gislâne Cruz do Nascimento, de 26 anos, morreu em um acidente de trânsito — Foto: Redes sociais

Matéria do G1 RN

O sepultamento de Gislâne Cruz, nesta segunda-feira (20), foi marcado por comoção e revolta entre familiares e amigos da professora de dança, que morreu em um acidente de carro no domingo (19), em Natal. Ela foi sepultada no Cemitério Parque Vila Flor, em Macaíba, na Região Metropolitana da capital potiguar.

Gislâne Cruz do Nascimento tinha 26 anos e era professora do Colégio Salesiano, onde foi velada durante a noite do domingo e a manhã desta segunda. A missa de corpo presente também aconteceu na escola, que anunciou que não haverá aula hoje.

De acordo com o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), Gislâne seguia em um carro com uma motorista que trabalha em um aplicativo de transporte de passageiros. A professora estava a caminho de uma academia onde daria uma aula. O veículo em que elas estavam seguia no sentido Candelária no prolongamento da Avenida Prudente de Morais, na Zona Sul, quando se deparou com outro automóvel, que ia na contramão. Houve uma batida.

Após a colisão, o carro em que as duas estavam capotou. Gislâne foi a única a morrer no acidente. Segundo o CPRE, dois homens, que tinham sinais de embriaguez, estavam no veículo que seguia na contramão. O motorista, o oficial de Justiça Josias Teixeira de Morais, 62 anos, foi preso. Ele participará de uma audiência de custódia marcada para as 14h desta segunda-feira (20).

A mulher que dirigia o automóvel em que estava a professora, Beverly Iane Ramalho, relatou como tudo aconteceu. “Eu pedi para ela botar o cinto. Ela botou o cinto, eu botei o cinto e seguimos viagem. Quando eu peguei a Prudente de Morais, passando próximo ao Sest, veio o carro e colidiu conosco. Ele vinha na contramão e colidiu na traseira do meu carro. Eu estava no sentido Candelária e ele vinha na lateral do Sest Senat e entrou na contramão”, conta.a