Assembleia realiza audiência pública sobre o Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio

A audiência pública proposta pelo deputado Hermano Morais e contou com a participação de autoridades e especialistas no assunto
Audiência Pública sobre Setembro Amarelo (Foto: Eduardo Maia/ALRN)

A Assembleia Legislativa discutiu, na tarde desta terça-feira (10), ações necessárias para o combate ao suicídio no Rio Grande do Norte. Ouvindo autoridades e especialistas no assunto, a audiência pública proposta pelo deputado Hermano Morais pontuou a necessidade de que se trabalhe para ampliação ao atendimento aos transtornos mentais, esclarecer a população sobre a importância de se respeitar e tratar as doenças da mente.

Com o auditório lotado, o deputado Hermano Morais falou sobre a importância da discussão, que tratou sobre o “Setembro Amarelo: mês de prevenção ao suicídio”. Para o parlamentar, a Casa Legislativa cumpre o o seu papel ao ampliar o debate sobre o tema, colaborando com a desmistificação acerca das mortes por suicídio.
“Observamos diariamente dados alarmantes, inclusive recentemente, que é a segunda maior causa de mortes entre jovens entre 15 e 29 anos no mundo. É preciso a conscientização para que tenhamos o combate ao suicídio, já que é uma situação que está tomando proporções preocupantes. É um fenômeno que precisa ser tratado também pela sociedade como um problema de saúde público, que afeta pessoas de diferentes origens, faixas etárias, sociais, e todos gêneros e orientações sexuais”, disse Hermano Morais.
Mais informações clique AQUI.