Disputa entre facções pode ter levado a aumento de 35% de homicídios em Macaíba

Disputa entre facções pode ter levado a aumento de 35% de homicídios em Macaíba

Da Tribuna do Norte

Localizada geograficamente entre Natal, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante, a cidade de Macaíba tem virado palco de uma guerra criminosa que busca domínio territorial para o comando das ações criminosas na cidade e na região. O acirramento pela expansão das ações criminosas de duas facções resultou numa chacina que vitimou pelo menos seis pessoas e também no aumento do número de homicídios no município no primeiro quadrimestre de 2021.

As motivações seguem sendo investigadas, mas uma das linhas exploradas aponta para uma possível vingança entre membros dos grupos. Foram pelo menos 38 homicídios em Macaíba neste ano, aumento de 35,7% em relação ao primeiro quadrimestre de 2020. A cidade está na contramão do Estado, onde foi registrada uma diminuição.

De acordo com o delegado de Macaíba, Cidorgeton Pinheiro da Silva, responsável pelas investigações na cidade desde março de 2019, as disputas por determinados territórios entre uma facção de atuação nacional (Primeiro Comando da Capital) e outra de atuação local (Sindicato do RN) têm gerado os conflitos criminosos.

Leia a matéria completa AQUI