A candidata da mentira

Rogério Marinho, Ederlinda Dias e Fernando Cunha

Por Jefferson Lázaro

Em época de campanha, tudo acontece nas terras de Auta de Souza, onde a mentira reina há quase 20 anos, comandada pelos irmãos Cunhas.

A mentira da vez é Ederlinda Dias, mulher de Sérgio Cunhas, dizer nos quatro cantos da cidade que é a candidata de Macaíba.

Como pode ela ser candidata de uma cidade onde nunca morou?

Acho que ela quis dizer que era a candidata de Natal, onde ela mora juntamente com Sérgio Cunha e o prefeito.

Uma segunda mentira é dizer que ela quem reabriu o Hospital Regional de Macaíba, quando todos sabem que o hospital foi reaberto por determinação da Justiça, após ação do Ministério Público.

Outra mentira estapafúrdia que está sendo propagada pelos cargos comissionados é que, por nunca ter exercido um cargo eletivo, ela seria uma renovação para a Assembleia.

Ora, que renovação seria essa se ela está mamando nas tetas do governo desde os anos 2000, quando seu cunhado foi eleito prefeito de Macaíba?

Como podem chamar de renovação uma pessoa que se alia ao pior deputado do país, Rogério Marinho, inimigo número um dos trabalhadores brasileiros?

Também não vamos esquecer que ela apoiou e apoia o pior o governador da história do Rio Grande do Norte, Robson Faria, o governador da insegurança.

Aliás, por falar no governador Robinho, o que Sérgio Cunha e Ederlinda estavam fazendo como cargos comissionados da Assembleia, quando Robinson era o presidente no ano de 2009?

Outra coisa, como pode ela ser funcionária da Prefeitura de Natal e secretária adjunta de Saúde do Estado ao mesmo tempo?

Enfim, meus amigos, é muita mentira para uma candidata só…

Leia: Nepotismo na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte